Porto Velho (RO) quarta-feira, 16 de janeiro de 2019
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Economia chinesa deve crescer 9% neste ano


Agência O GloboPEQUIM - A economia chinesa crescerá 9% neste ano, avanço mais lento que o dos últimos quatro anos e que culminou com 10,6%, em 2006. Segundo o chefe do Centro de Pesquisa do Desenvolvimento do Conselho de Estado, Liu Shijin, ressaltou que, devido ao setor imobiliário e automobilístico, a economia do país continuará crescendo a um ritmo anual de 7% e 8% nos próximos dez anos.Nos últimos quatro anos, o Produto Interno Bruto chinês cresceu acima de 10%.- Um crescimento alto costuma acabar em um ciclo de cinco anos - disse Liu, que lembrou que no início do século XX os EUA mantiveram um alto crescimento econômico devido ao desenvolvimento de suas indústrias automobilísticas, de construção e de aço.- A China enfrenta agora uma situação semelhante - disse.

Mais Sobre Mundo - Internacional

ALERTA: Mídias sociais elevam depressão entre meninas, diz pesquisa

ALERTA: Mídias sociais elevam depressão entre meninas, diz pesquisa

Meninas adolescentes são duas vezes mais propensas que os meninos a apresentar sintomas de depressão em conexão ao uso das redes sociais, segundo estu

FRANÇA: Coletes amarelos retomam protestos; 101 pessoas são detidas

FRANÇA: Coletes amarelos retomam protestos; 101 pessoas são detidas

Os manifestantes conhecidos como coletes amarelos voltaram às ruas de várias cidades da França ontem (5) na primeira grande mobilização de 2019, que m

Embaixador de Israel afirma “Bolsonaro é o segundo Oswaldo Aranha”,

Embaixador de Israel afirma “Bolsonaro é o segundo Oswaldo Aranha”,

O embaixador do Israel no Brasil, Yossi Shelley, comparou, em entrevista exclusiva à Empresa Brasil de Comunicação (EBC), o presidente Jair Bolsonaro

Presidente chinês, Xi Jinping, diz que está disposto a trabalhar com Bolsonaro

Presidente chinês, Xi Jinping, diz que está disposto a trabalhar com Bolsonaro

O presidente da China, Xi Jinping, enviou uma carta ao presidente Jair Bolsonaro afirmando que está disposto a trabalhar com o novo governo brasilei