Porto Velho (RO) sexta-feira, 12 de agosto de 2022
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

DIZ PERSIVO: SAÍDA PARA O PACÍFICO


 
SAÍDA PARA O PACÍFICO - A integração está pela consolidação das estradas se tornando paulatinamente uma realidade

A Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (FIEAM) promoveu na última quinta-feira (26/11), às 16 horas, o seminário ‘Corredores Rodoviários Internacionais’. Organizado pelo Consulado do Chile, o evento teve como parceiros a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Amazonas (Fecomércio/AM), da Federação da Agricultura do Amazonas (Faea), das Empresas de Transporte de Cargas da Amazônia (Fetramaz) e do Serviço Brasileiro de Apoio as Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE). O seminário ocorreu no auditório da Fecomércio, em Manaus e teve por objetivo preparar as classes produtivas do Estado para atender a demanda que surgirá após a abertura das vias terrestres que ligará Brasil, Bolívia e Chile. O Seminário fez parte das atividades da 5ª Feira Internacional da Amazônia e teve o apoio das federações de toda a região Norte inclusive com a participação da Fecomércio/RO. 

O encontro teve seu ponto alto na palestra do Diretor de Planejamento do DNIT, Miguel de Souza, que falou a respeito da conclusão dos últimos 700 km que permitirão a ligação com o Pacífico, via Peru, utilizando a saída por Assis Brasil/ Maldonado que, segundo disse, estará completa até setembro do próximo ano. Também anunciou que a ponte que liga o Brasil e Bolvia, em Guajará-Mirim deverá ser iniciada no 1º semestre do próximo ano, bem como já estão adiantados as negociações para o asfaltamento da estrada, via Bolívia, entre Riberalta e Rurrenabaque o que permitirá a ida para Iquique e Arica via Bolívia. Além de sua exposição também falaram o presidente da Zona Franca de Iquique (Zofri SA), Felipe Perez, e o gerente geral da organização privada que administra o projeto Zofri, Eugenio Cortez, que explanou sobre as facilidades do modelo que praticam e que permitirá ao empresariado brasileiro um acesso privilegiado por via marítima aos países asiáticos, da costa do Oceano Pacífico e dos países da América do Norte, com o pleno funcionamento do corredor. A delegação chilena foi predominante no seminário com a presença ainda do diretor do Porto de Arica, Raul Balbontin Fernández, o executivo da Corfo, Leonel Claros Clemente, a diretora regional do ProChile, Sylvia Lillo Gerli e também do ProChile, o executivo Pablo Balmaceda que tiveram o apoio do Representante Comercial do Chile na Região Nordeste do Brasil, Álvaro Camargo Júnior. Também houve uma significativa participação de uma delegação do Equador que acompanhou o evento. Presente também ao evento estiveram o presidente da Federação das Indústrias do Estado de Rondônia, Denis Roberto Baú, o consultor econômico e coordenador do Prêmio Samuel Benchimol, Almir Marques e o Superintendente do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Amazonas, Edivar dos Santos Almeida. Também foi discutido o potencial econômico de cada região. A reunião serviu como um incentivo para discutir os reflexos que as vias internacionais trarão na área de segurança, meio ambiente, turismo, manutenção da infra-estruturada rodoviária, controles sanitário, fito-sanitário e aduaneiro. 

Fonte: Blog Diz Persivo

Mais Sobre Mundo - Internacional

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Uma missão para um país como Israel, que se reinventou superando adversidades naturais e políticas, torna-se de grande relevância estratégica para est

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

A Missão Internacional Israel, promovida pelo Sebrae em Rondônia deve gerar grande frutos em breve. Empreendedores rondonienses compuseram a comitiv

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Mais da metade da população europeia deve ser infectada pela variante Ômicron do coronavírus nas próximas seis a oito semanas, disse nesta terça-fei

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

Em 16 de novembro, durante uma difícil operação de busca e resgate a menos de 30 milhas náuticas da costa da Líbia no Mediterrâneo Central, a equipe