Porto Velho (RO) quinta-feira, 11 de agosto de 2022
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Dilma viaja à França para conversar sobre crise econômica


Renata Giraldi
Agência Brasil

Brasília – A presidenta Dilma Rousseff viaja daqui a pouco, às 10h, para Paris, capital francesa, onde ficará até quarta-feira (12), depois segue para Moscou, na Rússia. Em Paris, Dilma deverá concentrar sua atenção em três temas: medidas para conter os impactos da crise econômica internacional, que atinge principalmente os países da zona do euro (17 nações que adotam a moeda única), questões relacionadas à defesa, pois os franceses negociam a venda de aviões caças para o Brasil, e ciência, tecnologia e inovação.

Dilma deve se reunir amanhã (10) com o presidente da França, François Hollande. Ambos conversaram há seis meses, na Conferência das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, no Rio de Janeiro. Para negociadores franceses e brasileiros, um dos temas tratados será a venda de 36 caças franceses para o Brasil.

Em agosto, os ministros, Antonio Patriota, das Relações Exteriores, e Celso Amorim, da Defesa, se reuniram com autoridades francesas para conversar sobre o assunto. Os Rafale, da fabricante francesa Dassault, concorrem com os caças F/A-18E/F Super Hornet, da norte-americana Boeing, e com os Gripen NG, da sueca Saab. Mas o processo ainda está indefinido.

Na terça-feira (11), Dilma e Hollande participam do seminário Fórum pelo Progresso Social - O Crescimento como Saída para a Crise, promovido pelo Instituto Lula e pela Fundação Jean-Jaurès. A proposta do seminário, segundo organizadores do evento, é promover uma reflexão e analisar os desafios impostos pela globalização.

Participarão do seminário o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no dia 12, e o ministro da Fazenda, Guido Mantega. No total, foram convidados 25 pessoas consideradas de destaque internacional. Lula participará da mesa-redonda intitulada Reflexões para o Futuro e Mantega dos debates sobre justiça social em uma economia globalizada.

Durante a viagem à França, Dilma também quer conversar sobre a ampliação de parcerias com a França nas áreas de educação, ciência, tecnologia e inovação. Em discussão o programa Ciência sem Fronteiras. Depois, a presidenta segue para a Rússia onde deve permanecer até o final desta semana. A viagem à Rússia deve ser a última internacional de Dilma em 2012.
 

Mais Sobre Mundo - Internacional

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Uma missão para um país como Israel, que se reinventou superando adversidades naturais e políticas, torna-se de grande relevância estratégica para est

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

A Missão Internacional Israel, promovida pelo Sebrae em Rondônia deve gerar grande frutos em breve. Empreendedores rondonienses compuseram a comitiv

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Mais da metade da população europeia deve ser infectada pela variante Ômicron do coronavírus nas próximas seis a oito semanas, disse nesta terça-fei

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

Em 16 de novembro, durante uma difícil operação de busca e resgate a menos de 30 milhas náuticas da costa da Líbia no Mediterrâneo Central, a equipe