Porto Velho (RO) sexta-feira, 12 de agosto de 2022
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Dilma participa da 5ª Cúpula do Fórum de Diálogo do Ibas, na África do Sul


Renata Giraldi
Agência Brasil


Brasília – A presidenta Dilma Rousseff participa hoje (17) em Pretória, na África do Sul, da 5ª Cúpula do Fórum de Diálogo do Ibas (bloco formado pela Índia, pelo Brasil e a África do Sul). Os três países chamados emergentes destacam-se pelo crescimento da economia e assumem papel relevante na comunidade internacional. Com isso, pretendem apresentar na Cúpula do G20 (as 20 maiores economias do mundo) uma posição comum sobre a crise econômica internacional.

Os líderes dos três países defendem ainda a reforma do Conselho de Segurança das Nações Unidas e do Fundo Monetário Internacional (FMI). Indianos, brasileiros e sul-africanos querem ter direito a ocupar um espaço fixo nesses órgãos. Também são contrários às soluções militares para encerrar impasses como o da Líbia, no qual os Estados Unidos e a União Europeia aprovaram a adoção da área de exclusão aérea na região, sob comando da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan).

Dilma tem um encontro reservado com o presidente da África do Sul, Jacob Zuma. Depois, ambos se reúnem com o primeiro-ministro da Índia, Manmohan Singh. Um dos temas é a decisão de firmar uma posição comum sobre a crise econômica internacional a ser apresentada na Cúpula do G20, em Cannes, na França, que ocorrerá nos próximos dias 3 e 4.

O fluxo de comércio entre os países do Ibas quadruplicou entre 2003 e 2010, passando de US$ 4,38 bilhões para US$ 16,1 bilhões. Indianos, brasileiros e sul-africanos desenvolvem ainda parcerias, por meio do Fundo Ibas, para combater a fome e a pobreza em seis países. Juntos, apoiam projetos de coleta de resíduos sólidos no Haiti e em mais oito países e de melhoramento agropecuário.

Dilma, Zuma e Singh também deverão conversar sobre o desenvolvimento sustentável, principal tema da Conferência Rio+20 – que ocorrerá de maio a junho de 2012 no Rio de Janeiro. Haverá ainda reuniões técnicas setoriais nas áreas de defesa, energia e ciência e tecnologia.

Para a Índia, o Brasil e a África do Sul, a prioridade deve ser a chamada cooperação Sul-Sul, com o objetivo de gerar contribuições efetivas no combate à desigualdade e à exclusão social. O Fundo Ibas para o Alívio da Fome e da Pobreza, criado em 2004, é o principal instrumento para a execução das metas.

Hoje, no fim da tarde, Dilma segue para Maputo, capital de Moçambique. Ela retorna ao Brasil apenas na quinta-feira (20).

 

Mais Sobre Mundo - Internacional

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Uma missão para um país como Israel, que se reinventou superando adversidades naturais e políticas, torna-se de grande relevância estratégica para est

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

A Missão Internacional Israel, promovida pelo Sebrae em Rondônia deve gerar grande frutos em breve. Empreendedores rondonienses compuseram a comitiv

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Mais da metade da população europeia deve ser infectada pela variante Ômicron do coronavírus nas próximas seis a oito semanas, disse nesta terça-fei

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

Em 16 de novembro, durante uma difícil operação de busca e resgate a menos de 30 milhas náuticas da costa da Líbia no Mediterrâneo Central, a equipe