Porto Velho (RO) quinta-feira, 9 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Cúpula Energética sul-Americana começa com parceria entre Brasil e Venezuela


Agência O Globo ILHA MARGARITA, Venezuela) - Mesmo com a discórdia sobre o tema etanol, que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva defende e o presidente Hugo Chávez combate, a 1ª Cúpula Energética Sul-Americana começa com uma parceria entre os dois governos. Antes chegar à Ilha Margarita, na Venezuela, Lula e Chávez anunciam na manhã desta segunda-feira, no município de Barcelona, estado de Anzoátegui, a construção do Complexo Industrial de Jose, que marca o início de um projeto petroquímico conjunto que será desenvolvido naquele estado venezuelano. Lula é esperado na ilha venezuelana por volta das 15h (horário de Brasília). Segundo o Itamaraty, acompanham o presidente o chanceler Celso Amorim, o ministro de Minas e Energia, Silas Rondeau, e o presidente da Petrobras, Sérgio Gabrielli. O assessor da presidência para Assuntos Internacionais, Marco Aurélio Garcia, chegou hoje à Ilha Margarita. No avião de Lula também virá o presidente do Paraguai, Nicanor Duarte. Dos 12 chefes de Estado da Comunidade Sul-Americana de Nações, somente o presidente do Uruguai, Tabaré Vázquez, anunciou que não comparecerá. Também há dúvidas sobre a presença da presidente chilena, Michelle Bachelet, devido a recentes declarações do presidente anfitrião, Hugo Chávez, contra o Senado do Chile. Parlamentares deste país aprovaram uma resolução contra o governo venezuelano por ter anunciado o cancelamento da concessão da RCTV - Radio Caracas Televisión. Os governos de Brasília e de Caracas planejam construir juntos o gasoduto do Sul, uma parceria que também envolve Argentina e Bolívia. Trata-se de um duto que levará gás por mais de 12.500 quilômetros entre a Venezuela e a Patagônia argentina. Neste domingo, no Hotel Hilton de Ilha Margarita, local onde se realiza a reunião, altos funcionários dos governos dos 12 países participaram de uma reunião preparatória sobre os pontos que deverão constar na declaração a ser firmada pelos chefes de Estado ao final do encontro, na terça-feira. Na reunião a portas fechadas, o Brasil foi representado pelo secretário-executivo do Itamaraty, Samuel Pinheiro Guimaraes. A cúpula de Ilha Margarita pretende discutir o fortalecimento da integração regional em matéria de eletricidade, hidrocarbonetos, biocombustíveis e fontes alternativas de energia. O desenvolvimento social, o combate a pobreza e a proteção ao meio ambiente deverão estar na pauta da cúpula como metas a serem alcançadas com a ajuda ecônomica resultante da integração energética dos países da América do Sul.

Mais Sobre Mundo - Internacional

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisadores de universidades americanas sugerem que os potenciais infiéis têm um perfil: Apresentam níveis educacionais e financeiros acima da méd

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

Quem pensa que o presidente francês Emmanuel Macron foi o primeiro presidente de uma potência europeia a questionar a soberania brasileira sobre a 

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Dos 183 países integrantes da Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas 38 pesquisados pelo organismo, entre eles o Brasil, contam com uma estratégia