Porto Velho (RO) sexta-feira, 19 de agosto de 2022
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Crise afeta Bolsa de Buenos Aires com queda de 10,73%



Monica Yanakiew
Correspondente da EBC


Buenos Aires – O rebaixamento da divida norte-americana, os problemas com a economia de países da União Europeia e o temor de uma recessão mundial provocaram uma queda nas bolsas da América Latina hoje (8). A Bolsa de Buenos Aires registrou a maior queda: retrocedeu 10,73% até alcançar os 2.738,41 pontos.

Nota divulgada pelo Instituto Argentino de Mercado de Capitais disse que esta foi a décima terceira maior queda na história do índice Merval. A ultima vez que foi registrada queda semelhante, ocorreu em 21 de setembro de 2008, quando o governo estatizou os fundos de pensão privados.

“As bolsas caíram porque os mercados perceberam que ainda não foi encontrada uma solução para esta crise, que dura desde 2008”, disse à Agência Brasil o economista Fausto Spotorno, da consultora Orlando Ferreres e Associados. “Não estamos vivendo apenas uma recessão, mas uma forte contração das economias”.

Segundo Spotorno, os problemas na Bolsa de Valores de Nova York afetam a América Latina “porque os fundos de investimento vendem seus ativos para conseguir maior liquidez, transferindo a crise para países como o Brasil e a Argentina”, disse.
 

VOCÊ PODE GOSTAR

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Uma missão para um país como Israel, que se reinventou superando adversidades naturais e políticas, torna-se de grande relevância estratégica para est

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

A Missão Internacional Israel, promovida pelo Sebrae em Rondônia deve gerar grande frutos em breve. Empreendedores rondonienses compuseram a comitiv

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Mais da metade da população europeia deve ser infectada pela variante Ômicron do coronavírus nas próximas seis a oito semanas, disse nesta terça-fei

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

Em 16 de novembro, durante uma difícil operação de busca e resgate a menos de 30 milhas náuticas da costa da Líbia no Mediterrâneo Central, a equipe