Porto Velho (RO) sábado, 28 de março de 2020
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Corrupção põe Brasil em 101º em ranking


O Brasil aparece em 101º lugar no ranking das economias mais livres do mundo, que considera 163 nações e foi divulgado nesta terça-feira (15) pelo Instituto Heritage, de tendência conservadora, e pelo "Wall Street Journal".

O ranking é liderado por Hong Kong, considerada a economia mais adaptada à condição de livre mercado - dando liberdade às exportações, à entrada de capitais, à entrada de investidores estrangeiros e ao vaivém de trabalhadores. Além disso, o índice também leva em conta o nível de corrupção nas diferentes nações.

É justamente no item corrupção, segundo a pesquisa, que o Brasil aparece na pior posição, recebendo apenas 33 pontos. De acordo com o instituto, a percepção da corrupção - que impede o bom funcionamento da economia - piorou em relação ao indicador do ano passado.

Outros problemas

Outros problemas citados em relação ao país são a falta de respeito à propriedade intelectual, as regras para investimentos diretos e o setor bancário engessado. "Um sistema de impostos confuso, estrutura de transporte inadequada e barreiras para o investimento estrangeiros são impedimentos ao crescimento", ressalta a pesquisa.

A liberdade econômica do país também é prejudicada pelo tamanho do Estado, que ainda controla boa parte da economia do país por meio da alta arrecadação de impostos. O imposto de renda de 27,5% para as pessoas de maior renda é considerado excessivo pelo instituto, uma vez que a média ideal seria de 15%.

Outros países

Do outro lado da moeda, os países com maior liberdade econômica, de acordo com o Instituto Heritage, são: Hong Kong, Cingapura, Irlanda, Austrália, Estados Unidos, Nova Zelândia, Canadá, Chile, Reino Unido e Dinamarca.

Entre os 29 países do continente americano, o Brasil aparece na 21ª posição em liberdade econômica, bem atrás de nações como o México (44º lugar), Peru (55º) e Paraguai (77º).
 
Fonte: Agência O Globo

Mais Sobre Mundo - Internacional

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisadores de universidades americanas sugerem que os potenciais infiéis têm um perfil: Apresentam níveis educacionais e financeiros acima da méd

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

Quem pensa que o presidente francês Emmanuel Macron foi o primeiro presidente de uma potência europeia a questionar a soberania brasileira sobre a 

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Dos 183 países integrantes da Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas 38 pesquisados pelo organismo, entre eles o Brasil, contam com uma estratégia