Porto Velho (RO) sexta-feira, 10 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Confronto entre cartéis de droga deixa 17 mortos no México


 

Agência Efe - Guadalajara (México), 16 set (EFE).- Um novo confronto entre cartéis de droga pelo domínio de território resultou na morte de pelo menos 17 pessoas no México, onde os cadáveres foram encontrados junto a uma estrada que une os estados de Michoacán e Guadalajara, informaram neste domingo fontes oficiais.

Policiais do município de Tizapan El Alto, situado no estado de Jalisco, mas próximo ao estado de Michoacán, encontraram os corpos dos homens seminus, amarrados e com ferimentos de
arma de fogo.

De acordo com a versão preliminar da Procuradoria de Jalisco, os sujeitos poderiam ter sido assassinados em Michoacán e abandonados em Jalisco por um grupo criminoso ainda não identificado.

Apesar de a polícia não ter certeza, tudo indica que os corpos encontrados são de integrantes de algum grupo criminoso, já que o fato se assemelha com as ações de acerto de contas que periodicamente castigam este país.

Os corpos achados neste domingo, todos do sexo masculino, estavam jogados em um sítio em Jalisco próxima a Michoacán, explicou o juiz Tomás Coronado Olmos.

"Nos limites com outros estados é mais provável e mais vulnerável fazer uma ação deste tipo e, posteriormente, se livrar dos corpos das pessoas", declarou o oficial ao término dos desfiles do Dia da Independência.

A luta entre os cartéis de droga se intensificou nos últimos dias com atos como o ocorrido na última sexta, quando 16 cadáveres foram encontrados no estado de Tamaulipas, 7 no município de San Fernando e outros 9 que apareceram pendurados de uma ponte em Nuevo Laredo, na fronteira com os EUA.

Os fatos começaram a se intensificar após a captura, na última quarta-feira, do líder do Cartel do Golfo, Jorge Eduardo Costela Sánchez, conhecido como "El Coss", em uma operação efetuada pela Marinha mexicana em Tampico. Anteriormente, no dia 3 de setembro, o dirigente de outra vertente do Cartel do Golfo, Mario Cárdenas Guillén, conhecido como "El Gordo", também foi preso.

Segundo os analistas, estas prisões tende aumentar a violência no país, já que o Los Zetas tentará assumir o controle das zonas que ainda é controlada pelo Cartel do Golfo, que, apesar de operar no norte e na costa oriental do país, seu berço é Tamaulipas.

Fonte: rádio Jovem pan com informações da Agência EFE}

 

Mais Sobre Mundo - Internacional

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisadores de universidades americanas sugerem que os potenciais infiéis têm um perfil: Apresentam níveis educacionais e financeiros acima da méd

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

Quem pensa que o presidente francês Emmanuel Macron foi o primeiro presidente de uma potência europeia a questionar a soberania brasileira sobre a 

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Dos 183 países integrantes da Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas 38 pesquisados pelo organismo, entre eles o Brasil, contam com uma estratégia