Porto Velho (RO) domingo, 5 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Conflitos na Síria chegam a Damasco, capital do país


Renata Giraldi*
Agência Brasil

Brasília – Os conflitos na Síria se intensificaram hoje (19) na região de Damasco, capital do país. Integrantes das forças de segurança sírias e grupos armados se envolveram em confrontos durante a madrugada. Porém, ainda há registros de vítimas.

Os conflitos em Damasco preocupam as autoridades estrangeiras, pois até então os confrontos se concentravam na região de Homs – considerada cidade de domínio da oposição. A estimativa é que mais de 8,5 mil pessoas morreram em um ano de tensão na Síria.

Um morador do bairro de Mazzeh, na capital síria, disse que os confrontos duraram cerca de duas horas. Segundo um ativista, os conflitos ocorreram em frente ao edifício da administração central de Damasco.

Manifestações contra o governo do presidente da Síria, Bashar Al Assad, ocorrem desde o ano passado. Os manifestantes cobram do governo mais liberdade política e de expressão, além do fim das violações aos direitos humanos.

A comunidade internacional fixou uma série de sanções ao governo Assad, impondo restrições econômicas e financeiras. Porém, o governo Assad indicou que não está disposto a negociar com a oposição por considerá-la terrorista.

*Com informações da agência pública de notícias de Portugal, Lusa//Edição: Graça Adjuto
 

Mais Sobre Mundo - Internacional

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisadores de universidades americanas sugerem que os potenciais infiéis têm um perfil: Apresentam níveis educacionais e financeiros acima da méd

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

Quem pensa que o presidente francês Emmanuel Macron foi o primeiro presidente de uma potência europeia a questionar a soberania brasileira sobre a 

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Dos 183 países integrantes da Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas 38 pesquisados pelo organismo, entre eles o Brasil, contam com uma estratégia