Porto Velho (RO) sábado, 4 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Coligação de centro-esquerda vence eleições na Itália


Renata Giraldi*
Agência Brasil

Brasília – A coligação de centro-esquerda do Partido Democrata (PD), liderada por Luigi Bersani, venceu as eleições legislativas na Itália, concluídas anteontem (24). No Senado, a coligação conquistou 31,63 % dos votos. A coligação de centro-direita (formada pelos partidos Povo da Liberdade e Liga Norte, entre outros), do ex-primeiro-ministro Sílvio Berlusconi, obteve 30,72 % dos votos.

O Movimento Cinco Estrelas, liderada pelo ator e comediante Beppe Grilo, conseguiu 23,72 % dos votos, transformando-se na terceira força política da Itália. O atual primeiro-ministro da Itália, Mario Monti, da coligação Futuro e Liberdade (FLI) - formada pela União dos Democratas-Cristãos e pelo Democratas de Centro (UDC) - obteve 9,13 % dos votos.

A coligação de Luigi Bersani também conquistou maioria na Câmara Baixa (Câmara dos Deputados), obtendo 29,55% dos votos contra 29,18% da coligação de centro-direita de Berlusconi. Pela legislação italiana, a coligação de Bersani ficará com 340 dos 630 assentos na Câmara Baixa. Mas os números no Senado ainda são incertos, pois é preciso fazer uma contabilidade específica.

*Com informações da agência pública de notícias de Portugal, Lusa.
 

Mais Sobre Mundo - Internacional

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisadores de universidades americanas sugerem que os potenciais infiéis têm um perfil: Apresentam níveis educacionais e financeiros acima da méd

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

Quem pensa que o presidente francês Emmanuel Macron foi o primeiro presidente de uma potência europeia a questionar a soberania brasileira sobre a 

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Dos 183 países integrantes da Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas 38 pesquisados pelo organismo, entre eles o Brasil, contam com uma estratégia