Porto Velho (RO) segunda-feira, 15 de agosto de 2022
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

China vai distribuir US$ 1,3 bi em dinheiro a pobres



O governo da China anunciou que vai distribuir mais de 9 bilhões de yuans (o equivalente a US$ 1,3 bi) em dinheiro à população às vésperas da comemoração do Ano Novo chinês. O subsídio estatal deve beneficiar mais de 70 milhões de chineses pobres.Segundo as autoridades, a intenção é melhorar as condições de vida das camadas mais pobres e incentivar o consumo em meio à desaceleração do crescimento.


BBC Brasil

Moradores pobres de áreas urbanas receberão 150 yuan cada (US$ 22), enquanto residentes rurais receberão 100 yuans (US$ 15).

Chineses que são colaboradores do partido Comunista ou tenham participado da revolução que culminou na vitória de Mo Tse-tung em 1949 receberão 180 yuans (US$ 27).

O anúncio da medida já era aguardado desde dezembro, quando o governo cogitou pela primeira vez a distribuição de dinheiro aos pobres como forma de incentivar a economia.


Antes do Ano Novo

Agora autoridades correm para entregar os benefícios ainda antes do Ano Novo lunar.

O feriadão da virada ocorre no fim de janeiro e é a comemoração mais importante do ano na cultura chinesa, equivalente ao Natal no Brasil.

"Temos que agir rápida e eficientemente para garantir que as pessoas recebam os subsídios antes do Ano Novo", afirmou à imprensa estatal Jiang Li, vice-ministro da Casa Civil.

"Essa tarefa tem a importância de manter a estabilidade (...) e alcançar o objetivo de harmonia social", completou Jiang.

Temendo inquietação social, o governo chinês tem aumentado gradualmente os subsídios à população desde o começo das incertezas causadas pela crise econômica mundial.

Inúmeros economistas no país sugeriram que as autoridades distribuíssem dinheiro à população como forma de incentivar o consumo e assim alavancar a economia.


Classe média

A medida atual, porém, se concentra nos chineses mais necessitados e exclui a emergente classe média.

Famílias com renda anual inferior a 1.067 yuans (US$ 157) estão também se qualificam a receber incentivos dos governos locais.

A província de Jiangsu, por exemplo, começou a distribuir no mês passado subsídios de 100 yuans mensais para famílias humildes cobrirem gastos com remédios e saúde.

Na cidade de Chengdu, em Sichuan, o governo distribui cupons de compras no valor de 100 yuans aos necessitados.

Alem disso, cerca de 150 mil vale-educação, cupons que cobrem gastos com treinamento técnico, estão sendo oferecidos a trabalhadores em busca de aperfeiçoamento profissional na cidade.

Mais Sobre Mundo - Internacional

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Uma missão para um país como Israel, que se reinventou superando adversidades naturais e políticas, torna-se de grande relevância estratégica para est

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

A Missão Internacional Israel, promovida pelo Sebrae em Rondônia deve gerar grande frutos em breve. Empreendedores rondonienses compuseram a comitiv

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Mais da metade da população europeia deve ser infectada pela variante Ômicron do coronavírus nas próximas seis a oito semanas, disse nesta terça-fei

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

Em 16 de novembro, durante uma difícil operação de busca e resgate a menos de 30 milhas náuticas da costa da Líbia no Mediterrâneo Central, a equipe