Porto Velho (RO) terça-feira, 9 de agosto de 2022
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

China proíbe produção e exportação de pesticidas que reduz espermatozóides


Marina Wentzel (Hong Kong) - BBCBrasil

A China anunciou que vai banir a produção de cinco pesticidas tóxicos, que eram exportados para 60 países emergentes, entre eles o Brasil, informou o jornal estatal China Daily nesta terça-feira.
Estatísticas do governo chinês revelam que no ano passado as exportações dos cinco químicos tóxicos somaram 28 mil toneladas para o mundo todo, o que corresponde a US$ 20 milhões.

A imprensa oficial não chegou a divulgar uma lista com o nome de todas as substâncias, mas revelou que metamidofós é uma delas.

De acordo com um documento da FAO, órgão das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura, metamidofós é um organofosforado altamente tóxico utilizado no Brasil como inseticida.

Já foi observado que homens expostos ao produto sofrem redução de espermatozóides e a ingestão pode causar morte, mas não há, porém, comprovação de que o agrotóxico seja cancerígeno, diz o documento da FAO.

Não foram divulgadas estatísticas chinesas com o número específico das exportações ao Brasil.

Entretanto, segundo dados do ministério do Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior, de janeiro a setembro deste ano o Brasil comprou da China mais de 91 mil toneladas de fertilizantes à base de nitrogênio e fósforo, num valor superior a US$ 32 milhões.

Desvio de agrotóxicos

Em coletiva de imprensa, o vice-ministro de Agricultura chinês, Gao Honghin, disse que a proibição faz parte dos esforços do país em garantir que seus produtos alimentícios tenham padrões de qualidade confiáveis.

Desde janeiro é proibido o uso dos cinco agrotóxicos nas plantações dentro da China, mas a produção seguia liberada para a exportação.

Até o momento, o ministério da Agricultura da China já fechou sete indústrias e apreendeu 479 toneladas de químicos. Outras 16 empresas devem suspender a fabricação dos pesticidas em breve.

O vice-ministro admitiu que apesar dos esforços para controlar o destino dos agrotóxicos, muitas vezes eles acabavam sendo desviados e utilizados domesticamente, e que por esse motivo a China decidiu banir toda a produção.

A rigorosa campanha de inspeção e controle agrícola faz parte da ofensiva do governo chinês para reconquistar a credibilidade dos produtos nacionais junto aos consumidores.

O esforço é uma resposta à recente onda de escândalos envolvendo a qualidade das manufaturas, remédios e alimentos fabricados no país.

Mais Sobre Mundo - Internacional

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Uma missão para um país como Israel, que se reinventou superando adversidades naturais e políticas, torna-se de grande relevância estratégica para est

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

A Missão Internacional Israel, promovida pelo Sebrae em Rondônia deve gerar grande frutos em breve. Empreendedores rondonienses compuseram a comitiv

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Mais da metade da população europeia deve ser infectada pela variante Ômicron do coronavírus nas próximas seis a oito semanas, disse nesta terça-fei

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

Em 16 de novembro, durante uma difícil operação de busca e resgate a menos de 30 milhas náuticas da costa da Líbia no Mediterrâneo Central, a equipe