Porto Velho (RO) segunda-feira, 19 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

China espera que 75% de sua economia seja privada em 2010


Agência O Globo PEQUIM - A economia da China, totalmente nas mãos do Estado há apenas 20 anos, já está privatizada em mais de 50% de sua produção. A expectativa é de que essa percentagem supera os 75% em 2010, segundo informe governamental citado nesta sexta-feira pelo jornal "China Daily".De acordo com a Academia Chinesa de Ciências Sociais (CASS), autora do estudo, a metade do atual PIB da China já está em mãos privadas e se espera que aumente para 75% até 2010.Estudos anteriores afirmavam que a contribuição da economia privada à nacional era de um terço do PIB.No final desta década, "pelo menos 70% das firmas nacionais serã privadas", de acordo com a CASS.As empresas privadas, nascidas sob os auspícios da política de reforma e abertura econômica iniciada no fim dos anos 70, se proliferaram nos últimos anos, especialmente nas províncias mais desenvolvidas do país, situadas nos deltas dos rios Yagntsé e Perla.

Mais Sobre Mundo - Internacional

Alimentos Umami - Lisiane Miura conta qual é a característica comum dos ingredientes utilizados

Alimentos Umami - Lisiane Miura conta qual é a característica comum dos ingredientes utilizados

Lisiane Miura conta qual é a característica comum dos ingredientes utilizados

Conheça TikTok, o app mais baixado que Instagram e Facebook nos EUA

Conheça TikTok, o app mais baixado que Instagram e Facebook nos EUA

Aplicativo de vídeos curtos tem mais de 130 milhões de usuários no mundo

Lula leva à ONU aliança entre Moro e Bolsonaro

Lula leva à ONU aliança entre Moro e Bolsonaro

Preso e arrancado do processo eleitoral de 2018 por decisão do juiz Sergio Moro, o ex-presidente Lula decidiu levar ao Comitê de Direitos Humanos da O

Imprensa internacional destaca perfil anticorrupção de Sergio Moro

Imprensa internacional destaca perfil anticorrupção de Sergio Moro

Jornais lembram que novo ministro foi responsável pela prisão de Lula