Porto Velho (RO) sexta-feira, 19 de agosto de 2022
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Brasil e Croácia negociam ampliação de parcerias


Renata Giraldi
Agência Brasil

Brasília – Os governos do Brasil e da Croácia negociam a ampliação de parcerias comerciais e nas áreas de energia, da indústria naval, educação e ciência. Hoje (2), em reuniões ao longo do dia em Zagreb, na Croácia, o ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, conversou também sobre um plano multilateral para o desenvolvimento sustentável e os direitos humanos, com ênfase na situação da mulher.

O ministro encerra hoje visita à Croácia, um dia depois de o país ter sido integrado à União Europeia, como o de número 28 do bloco. Patriota conversou com a ministra dos Negócios Estrangeiros, Vesna Pusic, e o ministro da Economia, Ivan Vrdolijak. Na conversa, Vrdolijak contou que visitou o Brasil nos anos 1990 e elogiou os avanços do país.

Na reunião com a chanceler croata, Patriota lembrou que as intervenções militares nem sempre solucionam as tensões. Porém, Vesna Pusic argumentou que, no caso da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), a atuação é para garantir segurança à região dos Balcãs.. A chanceler acrescentou que a Otan colabora para a estabilidade da Península dos Balcãs – região no Sudeste da Europa cujo nome é de origem turca e significa montanha.

Nas conversas com representantes estrangeiros, Patriota costuma defender a busca pelo diálogo e a diplomacia nas situações de tensão e confronto, como no caso da Síria. A intervenção militar, segundo ele, deve estar entre as últimas alternativas e não entre as primeiras.

Patriota e as autoridades croatas conversaram também sobre propostas de cooperação nas áreas de educação e ciência, principalmente em biotecnologia e biomedicina, assim como parcerias nos setores da indústria naval e de ampliação do comércio bilateral.

Na reunião com o ministro da Economia, Patriota assistiu a uma apresentação sobre os estaleiros navais na Croácia e as possibilidades de parceria com o Brasil. A tradição naval da Croácia é do século 19, quando a maior parte das embarcações do império austro-húngaro era construída.

Os governos do Brasil e da Croácia mantêm relações diplomáticas desde 1992 - ano da independência croata. O país inaugurou sua embaixada em Brasília em 1997, e o Brasil mantém embaixada em Zagreb desde 2006.

O intercâmbio comercial entre o Brasil e a Croácia atingiu US$ 283 milhões em 2012 – o equivalente a um aumento de quase 186% em comparação a 2006, cujo valor foi US$ 99 milhões. As exportações brasileiras para a Croácia somaram US$ 242 milhões em 2012.
 

VOCÊ PODE GOSTAR

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Uma missão para um país como Israel, que se reinventou superando adversidades naturais e políticas, torna-se de grande relevância estratégica para est

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

A Missão Internacional Israel, promovida pelo Sebrae em Rondônia deve gerar grande frutos em breve. Empreendedores rondonienses compuseram a comitiv

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Mais da metade da população europeia deve ser infectada pela variante Ômicron do coronavírus nas próximas seis a oito semanas, disse nesta terça-fei

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

Em 16 de novembro, durante uma difícil operação de busca e resgate a menos de 30 milhas náuticas da costa da Líbia no Mediterrâneo Central, a equipe