Porto Velho (RO) domingo, 29 de março de 2020
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Bombardeios no Iraque matam líder local e 19 jihadistas



Da Agência Lusa

Pelo menos 20 membros do grupo terrorista Estado Islâmico (EI), entre os quais um líder militar e religioso local, morreram na sequência de bombardeio da coligação internacional na zona de Al Qayara, no Norte do Iraque.

Segundo a agência de notícia espanhola EFE, que cita Fares Al Sabaaui, responsável da milícia sunita Multitude Popular dos Clãs, destacada na área, o líder morto é Jalaf Hussein Jalaf, de nacionalidade iraquiana, comandante militar e líder religioso de Al Qayara.

Os ataques da aviação da coligação feitos nas últimas horas deixaram diversos feridos, além de destruir veículos e equipamentos militares do Estado Islâmico.

Al Sabaaui acrescentou que os bombardeios aéreos tiveram como alvo sedes regionais do Estado Islâmico nos povoados de Douaizat Fauqani, Douaizat Tahtani e Sultan Abdallah, todas na região de Al Qayara.

A zona, a 50 quilômetros a sul da cidade de Mossul, é o segundo feudo dos jihadistas na província de Ninive e há cerca de um mês é alvo de frequentes ataques aéreos da coligação internacional. O Estado Islâmico tomou o controle de Mossul em junho de 2014 e, pouco depois, anunciou a constituição de um califado islâmico nas vastas áreas em seu poder no Iraque e na vizinha Síria.

Mais Sobre Mundo - Internacional

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisadores de universidades americanas sugerem que os potenciais infiéis têm um perfil: Apresentam níveis educacionais e financeiros acima da méd

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

Quem pensa que o presidente francês Emmanuel Macron foi o primeiro presidente de uma potência europeia a questionar a soberania brasileira sobre a 

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Dos 183 países integrantes da Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas 38 pesquisados pelo organismo, entre eles o Brasil, contam com uma estratégia