Porto Velho (RO) sábado, 2 de julho de 2022
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Bolívia volta a fechar a torneira do gás para Mato Grosso


Agência O Globo O fornecimento de gás natural da Bolívia para Mato Grosso foi interrompido mais uma vez. A Usina Termelétrica de Cuiabá está trabalhando com a capacidade reduzida e o gás armazenado nos dutos servirá apenas para o trabalho dos próximos dois dias. A usina atende a 50% da demanda de Cuiabá e região, mas o Operador Nacional do Sistema Elétrico descartou a possibilidade de apagões em Mato Grosso. O ONS explicou que, mesmo com a paralisação da termelétrica, o sistema funciona sem riscos no estado. O envio de gás para Mato Grosso foi interrompido no dia 24 de agosto. A usina não funcionou durante 20 dias e a situação foi contornada no fim de semana. No entanto, o fornecimento durou três dias e, nesta terça-feira, a Bolívia suspendeu novamente o envio do gás. O diretor da Pantanal Energia, Carlos Baldi, disse que o contrato com a Bolívia vale até 2019 e que o país vizinho tem que honrar com o repasse de 2 milhões de metros cúbicos de gás natural por dia para a usina termelétrica. Se o fornecimento de gás natural não voltar ao normal nos próximos dias, a usina deve parar na quinta-feira. - O problema com isso é que o sistema de Mato Grosso fica frágil, ele perde confiabilidade - disse Baldi.

Mais Sobre Mundo - Internacional

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Mais da metade da população europeia deve ser infectada pela variante Ômicron do coronavírus nas próximas seis a oito semanas, disse nesta terça-fei

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

Em 16 de novembro, durante uma difícil operação de busca e resgate a menos de 30 milhas náuticas da costa da Líbia no Mediterrâneo Central, a equipe

Com avanço nas Américas, Delta é "altamente preocupante", diz Organização Pan-Americana de Saúde

Com avanço nas Américas, Delta é "altamente preocupante", diz Organização Pan-Americana de Saúde

A variante Delta do novo coronavírus é "altamente preocupante", à medida que a mutação tem se espalhado para quase 20 países nas Américas, disseram