Porto Velho (RO) domingo, 14 de agosto de 2022
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Bolívia vai investigar entrada de haitianos no Brasil


Marcos Chagas
Agência Brasil

Brasília - O governo boliviano está atento ao fluxo migratório de haitianos e não permitirá qualquer "abuso ou malfeito" de bolivianos que porventura estejam atuando nas migrações até Brasileia (AC). O cônsul da Bolívia no município, José Luis Méndez Chaurara, ressaltou que para tomar as devidas providências necessita de formalização de denúncias de imigrantes que chegam à cidade acriana em busca de melhor condição de vida no Brasil.

O cônsul disse que até o momento as informações que chegaram às autoridades da Bolívia é que não há registro de mortos na rota usada para atravessar a fronteira e que os haitianos fazem todo esse percurso encapuzados. "Se identificarmos qualquer tráfico [de haitianos que envolva cidadão boliviano] agiremos dentro das normas legais e levando em conta as questões humanitárias", disse José Luis Méndez.

O secretário de Justiça e Direitos Humanos do Acre, Nilson Mourão, disse à Agência Brasil que o governador Tião Viana já encaminhou informações ao ministro de Relações Exteriores, Antonio Patriota, para que entre em contato com os representantes dos governos da Bolívia e do Peru, no Brasil. A finalidade é tomar as devidas providências sobre qualquer tráfico internacional que tenha como rota os dois países e eventuais participações de bolivianos e peruanos.

Mourão informou ainda que esta semana deve chegar uma autoridade do governo boliviano à cidade de Cobija para investigar o envolvimento de cidadão do país nessa possível rota de tráfico. “A informação que temos é que os haitianos compram pacotes em agências de turismo da República Dominicana e, a partir de lá, fazem toda rota até chegar ao Brasil. Nesse processo pode existir pessoas interessadas em ganhar dinheiro o que descaracteriza qualquer questão humanitária."

Desde ontem (9), a Polícia Federal em parceria com o governo do estado e a prefeitura de Brasileia passou a emitir 40 vistos por dia o que tem facilitado a contratação de mão de obra por empresas brasileiras. Nilson Mourão informou que só hoje três empresas, do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina e Minas Gerais, estão em Brasileia para formalizar essas contratações.

Mais Sobre Mundo - Internacional

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Uma missão para um país como Israel, que se reinventou superando adversidades naturais e políticas, torna-se de grande relevância estratégica para est

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

A Missão Internacional Israel, promovida pelo Sebrae em Rondônia deve gerar grande frutos em breve. Empreendedores rondonienses compuseram a comitiv

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Mais da metade da população europeia deve ser infectada pela variante Ômicron do coronavírus nas próximas seis a oito semanas, disse nesta terça-fei

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

Em 16 de novembro, durante uma difícil operação de busca e resgate a menos de 30 milhas náuticas da costa da Líbia no Mediterrâneo Central, a equipe