Porto Velho (RO) sexta-feira, 12 de agosto de 2022
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

BOLÍVIA: Presidente ratifica nacionalização dos hidrocarbonetos


Agência O Globo SÃO PAULO - O presidente da Bolívia, Evo Morales, promulgou ontem as leis que autorizam os 44 contratos com companhias de petróleo, selando dessa forma a nacionalização dos hidrocarbonetos, anunciada há quase um ano. "Estes contratos ratificam a decisão tomada com relação a YPFB (estatal boliviana do petróleo) de ter o monopólio da comercialização. Agora é o Estado que define preços, negocia e abre oportunidades, além de definir produção e exportação", indicou o ministro boliviano de Hidrocarbonetos e Energia, Carlos Villegas, presente no evento. O dirigente boliviano assinou as leis depois de firmar dois decretos que reconhecem a necessidade de consultar os povos indígenas sobre o desenvolvimento de qualquer atividade no âmbito dos hidrocarbonetos. Durante o ato de promulgação, o ministro da Presidência, Juan Ramón Quintana, se encarregou da leitura das leis. Após a nova norma entrar em vigor, as companhias estrangeiras de petróleo estão obrigadas a investir pelo menos US$ 3 bilhões. (Juliana Cardoso | Valor Online, com agências bolivianas)

Mais Sobre Mundo - Internacional

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Uma missão para um país como Israel, que se reinventou superando adversidades naturais e políticas, torna-se de grande relevância estratégica para est

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

A Missão Internacional Israel, promovida pelo Sebrae em Rondônia deve gerar grande frutos em breve. Empreendedores rondonienses compuseram a comitiv

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Mais da metade da população europeia deve ser infectada pela variante Ômicron do coronavírus nas próximas seis a oito semanas, disse nesta terça-fei

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

Em 16 de novembro, durante uma difícil operação de busca e resgate a menos de 30 milhas náuticas da costa da Líbia no Mediterrâneo Central, a equipe