Porto Velho (RO) segunda-feira, 8 de agosto de 2022
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Bolívia não quer pessoas armadas na fronteira


 
 
O governo da Bolívia deve pedir às autoridades brasileira uma maior vigilância sobre as fronteiras, visando impedir a entrada de pessoas armadas no país. A informação foi divulgada pelo ministro da Defesa, Walker San Miguel, que avaliava a situação no oposicionista departamento de Pando à televisão estatal. Apenas em Cojiba, capital do departamento, mais de cem pessoas já se feriram e dezoito morreram nos confrontos entre governistas e opositores. A cidade foi tomada pelas Forças Armadas, que agora patrulha as ruas de Cojiba, em estado de sítio desde sexta-feira, bem como todo o departamento, palco dos mais violentos combates. No entanto, Hugo Mopi, porta-voz do governo de Pando, negou que a cidade tenha sido tomada. Outro ministro, Juan Ramón Quintana, da Presidência, salientou a existência de uma ordem de prisão contra o governador de Pando, Leopoldo González, acusado pelo governo de envolvimento nas mortes provocadas pelo conflito. González negou todas as acusações. Hoje, o Comitê Cívico de Santa Cruz anunciou a suspensão de todos os atos de violência, para auxiliar na tentativa de diálogo entre os dois lados do conflito.

Fonte: Jovem Pan

Mais Sobre Mundo - Internacional

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Uma missão para um país como Israel, que se reinventou superando adversidades naturais e políticas, torna-se de grande relevância estratégica para est

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

A Missão Internacional Israel, promovida pelo Sebrae em Rondônia deve gerar grande frutos em breve. Empreendedores rondonienses compuseram a comitiv

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Mais da metade da população europeia deve ser infectada pela variante Ômicron do coronavírus nas próximas seis a oito semanas, disse nesta terça-fei

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

Em 16 de novembro, durante uma difícil operação de busca e resgate a menos de 30 milhas náuticas da costa da Líbia no Mediterrâneo Central, a equipe