Porto Velho (RO) quarta-feira, 10 de agosto de 2022
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

BOLÍVIA: Empresários, petroleiras e opositores criticam abandono de centro de arbitragem


Agência O Globo

LA PAZ - Dirigentes empresariais, representantes de petroleiras e líderes da oposição criticaram nesta terça-feira a decisão do presidente da Bolívia, Evo Morales, de abandonar o Centro Internacional de Resolução de Diferenças Relativas a Investimentos ((CIADI, na sigla em casteliano).

Para eles, a decisão freará os investimentos na Bolívia. Alguns temem que Morales esteja sinalizando que pretende enfraquecer acordos e contratos vigentes.

Um comunicado da Câmara Boliviana de Hidrocarbonetos, que agrupa as petroleiras, adverte que a medida afetará a competitividade na atração de novos investimentos, pois as garantias jurídicas futuras estarão sujeitas a mais considerações".

Morales anunciou o abandono da CIADI durante a I Cúpula da Alternativa Bolivariana para as Américas (Alba), celebrada no fim de semana passado na Venezuela, e nesta segunda-feira disse que há mecanismos que "somente servem para castigar as nações, os estados e os povos".

La CBH esclarece, em seu comunicado, que a decisão não deverá afetar os contratos já assinados pelas petroleiras.
 

Mais Sobre Mundo - Internacional

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Uma missão para um país como Israel, que se reinventou superando adversidades naturais e políticas, torna-se de grande relevância estratégica para est

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

A Missão Internacional Israel, promovida pelo Sebrae em Rondônia deve gerar grande frutos em breve. Empreendedores rondonienses compuseram a comitiv

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Mais da metade da população europeia deve ser infectada pela variante Ômicron do coronavírus nas próximas seis a oito semanas, disse nesta terça-fei

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

Em 16 de novembro, durante uma difícil operação de busca e resgate a menos de 30 milhas náuticas da costa da Líbia no Mediterrâneo Central, a equipe