Porto Velho (RO) quinta-feira, 17 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Bolívia diz que Petrobras 'não dobrará a mão' do país


Agência O GloboLA PAZ - O governo boliviano afirmou nesta segunda-feira que a Petrobras não lhe "dobrará a mão" e que segue valendo o prazo do fim de outubro para que as multinacionais fechem novos contratos caso desejem continuar no país.A advertência foi feita pelo novo ministro dos Hidrocarbonetos, Carlos Villegas, ao receber o cargo de seu antecessor, Andrés Soliz, que se demitiu na sexta-feira por se negar a anular uma resolução que afetava a Petrobras e que desagradou o governo brasileiro. Villegas declarou ainda que a medida foi "congelada" para gerar "condições auspiciosas para a negociação", mas não anulada, e que a petrobras não "dobrará a mão" da Bolívia porque "essa resolução será aplicada".Para receber o cargo das mãos de Soliz, o novo ministro interrompeu uma reunião com o presidente da Andina, Filial da Repsol-YPF, Luis García Sánchez.

Mais Sobre Mundo - Internacional

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

Quem pensa que o presidente francês Emmanuel Macron foi o primeiro presidente de uma potência europeia a questionar a soberania brasileira sobre a 

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Dos 183 países integrantes da Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas 38 pesquisados pelo organismo, entre eles o Brasil, contam com uma estratégia

As mulheres e os homens mais compridos do mundo

As mulheres e os homens mais compridos do mundo

Segundo um estudo feito por 800 cientistas do Imperial College em Londres (1) sobre o desenvolvimento da altura das pessoas adultas nos últimos 100

Dia Mundial do Rock é comemorado neste sábado

Dia Mundial do Rock é comemorado neste sábado

Um senhor de mais de 60 anos, vibrante, contestador, revolucionário e que provoca as mais diversas sensações e reações em quem tem contato com ele ou