Porto Velho (RO) sábado, 28 de março de 2020
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Bolívia deve definir hoje valor da indenização a ser paga para espanhóis por empresa nacionalizada


Renata Giraldi*
Agência Brasil

Brasília – O ministro de Hidrocarbonetos e Energia da Bolívia, Juan José Sosa, reúne-se hoje (7) com o presidente da Rede Elétrica Espanhola (cuja sigla em inglês é REE), José Folgado, para definir a forma e o valor do pagamento da indenização pela expropriação da empresa Transportadora de Eletricidade (cuja sigla em espanhol é TDE).

Sosa disse ainda que Folgado será convidado também a participar do processo de nacionalização da empresa. O presidente da REE chegou ontem (6) a La Paz, capital boliviana. Folgado deve se reunir com o presidente da Bolívia, Evo Morales, em uma audiência à parte.

De acordo com Sosa, o valor da indenização se baseará no resultado do estudo elaborado por uma comissão. "Uma vez feita a avaliação, seremos capazes de nos sentar com eles para conversar", disse o ministro.

No último dia 1º, Morales anunciou o que chamou de nacionalização da empresa de eletricidade. Segundo ele, a medida foi tomada porque a companhia não investia o esperado na Bolívia. A medida surpreendeu os europeus, norte-americanos e asiáticos. A decisão ocorreu duas semanas depois de a Argentina ter expropriado uma empresa petrolífera.

*Com informações da agência pública de notícias da Bolívia, ABI // Edição: Lílian Beraldo
 

Mais Sobre Mundo - Internacional

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisadores de universidades americanas sugerem que os potenciais infiéis têm um perfil: Apresentam níveis educacionais e financeiros acima da méd

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

Quem pensa que o presidente francês Emmanuel Macron foi o primeiro presidente de uma potência europeia a questionar a soberania brasileira sobre a 

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Dos 183 países integrantes da Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas 38 pesquisados pelo organismo, entre eles o Brasil, contam com uma estratégia