Quarta-feira, 22 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Bolívia confirma que congelou seqüestro da receita da Petrobras, mas nega recuo


Janaína Figueiredo - Agência O Globo LA PAZ - O vice-presidente da Bolívia, Álvaro Garcia Linera, confirmou a decisão do governo de seu país de congelar a resolução aprovada terça-feira passada, que exige que todas as vendas feitas pela Petrobras Bolívia Refinação sejam transferidas para a estatal Yacimientos Petrolíferos Fiscais Bolivianos (YPFB). - Deixamos em suspenso a resolução, a congelamos temporariamente, como um sinal para facilitar as negociações _ afirmou Garcia Linera, que se recusou a admitir que a decisão significava um recuo por parte do governo do presidente Evo Morales. - Congelamos a medida para favorecer o diálogo. Tudo dependerá de como forem as negociações, dependendo do resultado a medida será definitivamente suspensa ou não _ enfatizou Garcia Linera. O vice boliviano reiterou que a data limite para concluir as negociações é o próximo dia 31 de outubro. - Queremos acelerar os tempos da negociação. A Petrobras é a maior empresa com investimentos na Bolívia e queremos concluir satisfatoriamente as negociações para aplicar o decreto de nacionalização (dos hidrocarbonetos) - declarou Garcia Linera, após passar mais de duas horas reunido com o ministro dos Hidrocarbonetos, Andrés Soliz Rada, e sua equipe. O vice-presidente boliviano disse que a Bolívia tem a firme intensão de assumir o controle de todas as áreas do setor petrolífero, como prevê o decreto de nacionalização. - Estamos definindo espaços, queremos garantir que a negociação seja um sucesso - afirmou Garcia Linera, que negou ter conversado com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre o assunto. Perguntado sobre a possibilidade de que o Brasil recorra a tribunais internacionais, o vice-presidente boliviano foi cauteloso. _ A arbitragem é sempre uma possibilidade e ela será enfrentada, se for necessário. Mas faremos todos os esforços para evitar que isso aconteça, sem desrespeitar nossos princípios - declarou Garcia Linera, que na ausência do presidente Morales assumiu interinamente a Presidência do país.

Gente de OpiniãoQuarta-feira, 22 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

FIERO sustenta agenda de negócios bilateral entre Brasil e Peru

FIERO sustenta agenda de negócios bilateral entre Brasil e Peru

Estreitar relacionamento comercial entre Rondônia e o Peru e encontrar soluções para alguns desafios de ordem burocrática e de infraestrutura e logí

Rondônia e Costa do Marfim estreitam laços para intercâmbio em recursos animais e pescados

Rondônia e Costa do Marfim estreitam laços para intercâmbio em recursos animais e pescados

Com o objetivo de promover o intercâmbio de boas práticas em recursos animais e pescados, concentrando esforços no desenvolvimento do peixe Tambaq

Especialistas apontam erro grave de Lula na comparação entre conflito Israel-Hamas com Holocausto

Especialistas apontam erro grave de Lula na comparação entre conflito Israel-Hamas com Holocausto

A recente comparação feita pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva entre o conflito entre Israel e Hamas e o Holocausto gerou fortes reações, tant

Demanda histórica, ponte internacional de Guarajá-Mirim tem edital lançado: conexão entre Brasil e Bolívia

Demanda histórica, ponte internacional de Guarajá-Mirim tem edital lançado: conexão entre Brasil e Bolívia

Considerada um dos destaques do Novo PAC para a região Norte, a ponte rodoviária que fará a ligação entre Brasil e Bolívia, pela BR-425/RO, está c

Gente de Opinião Quarta-feira, 22 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)