Porto Velho (RO) sábado, 4 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Aviões de Kadafi atacam rebeldes em terminal petrolífero



Aviões de guerra líbios lançaram nesta segunda-feira (7) uma ofensiva a posições rebeldes no porto e terminal petrolífero de Ras Lanuf, a 200 quilômetros ao leste de Sirte, na tentativa de bloquear o avanço da oposição a Muamar Kadafi na capital Trípoli.

Rebeldes na região disseram que podem tomar as forças de elite de Kadafi em terra, mas ainda temem serem derrotados pelo poder aéreo do ditador.

A Líbia caminha para uma guerra civil que pode durar semanas, ou mesmo meses, após 41 dias de tentativa dos rebeldes de tirar o governante do poder. O uso da artilharia aérea nos ataques é um sinal de que o regime está preocupado com a necessidade de conter o avanço dos rebeldes em direção à cidade de Kadafi, Sirte.

A rebelião contra Kadafi, que começou no dia 15 de fevereiro, já é a mais longa e mais sangrenta entre as revoltas rápidas ocorridas contra os líderes autoritários nos vizinhos Egito e Tunísia.

O porta-voz do governo da Líbia, Abdel-Majid al-Dursi, negou rumores de que teria havido uma tentativa de assassinato contra Kadafi. A especulação surgiu no domingo, quando residentes da capital acordaram ao som de artilharia pesada normalmente incomum mesmo nos dias atuais.

Centenas se não milhares de pessoas morreram desde que os protestos começaram na Líbia, embora as restrições ao trabalho da mídia dificulte o cálculo exato. Mais de 200 mil pessoas já deixaram o país, a maioria delas de trabalhadores estrangeiros. O êxodo está criando uma crise humanitária em toda a fronteira com a Tunísia.

Fonte: Gazeta do Povo com informações Agência Estado e Associated Press.


 

Mais Sobre Mundo - Internacional

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisadores de universidades americanas sugerem que os potenciais infiéis têm um perfil: Apresentam níveis educacionais e financeiros acima da méd

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

Quem pensa que o presidente francês Emmanuel Macron foi o primeiro presidente de uma potência europeia a questionar a soberania brasileira sobre a 

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Dos 183 países integrantes da Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas 38 pesquisados pelo organismo, entre eles o Brasil, contam com uma estratégia