Porto Velho (RO) segunda-feira, 6 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Avião de Morales deixa a Áustria rumo à Bolívia


Renata Giraldi*
Agência Brasil

Brasília – O avião do presidente da Bolívia, Evo Morales, partiu hoje (3) da Áustria rumo à Bolívia. A aeronave de Morales deixou o aeroporto de Viena, depois de uma escala forçada de mais de 13 horas, após ser proibida de ingressar no espaço aéreo de vários países europeus por suspeita de levar a bordo o ex-agente norte-americano Edward Snowden. Morales vinha de uma viagem a Moscou, na Rússia.

A escala forçada em Viena criou um incidente diplomático com os governos de Portugal, da Espanha, França e Itália, segundo autoridades bolivianas. Os governos desses países europeus não autorizaram o avião de Morales a sobrevoar os respectivos espaços aéreos. O Ministério do Interior da Áustria garantiu que Snowden não estava a bordo.

O avião de Morales foi proibido de ingressar no espaço aéreo porque havia suspeitas de que o ex-agente norte-americano Edward Snowden estivesse a bordo. Morales foi obrigado a desviar a rota e aguardar autorização em Viena, na Áustria, para seguir viagem.

Nos Estados Unidos, Snowden é acusado de espionagem e está na Rússia esperando a concessão de asilo político. O ex-agente denunciou que os norte-americanos monitoravam e-mails e ligações telefônicas de cidadãos dentro e fora do país. Há, ainda, informações de que comunicações da União Europeia foram monitoradas. O norte-americano pediu asilo a 21 países, inclusive ao Brasil.

*Com informações da agência pública de notícias de Portugal, Lusa
 

Mais Sobre Mundo - Internacional

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisadores de universidades americanas sugerem que os potenciais infiéis têm um perfil: Apresentam níveis educacionais e financeiros acima da méd

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

Quem pensa que o presidente francês Emmanuel Macron foi o primeiro presidente de uma potência europeia a questionar a soberania brasileira sobre a 

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Dos 183 países integrantes da Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas 38 pesquisados pelo organismo, entre eles o Brasil, contam com uma estratégia