Porto Velho (RO) segunda-feira, 30 de março de 2020
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Ataque à bomba no Iêmen mata 42 pessoas e fere 37


Renata Giraldi*
Agência Brasil

Brasília – Um ataque à bomba deixou pelo menos 42 mortos e 37 feridos, no Sul do Iêmen, ontem (4) à noite. O ataque é atribuído ao grupo Al Qaeda. Segundo as forças de segurança do país, as vítimas participavam de um enterro na cidade de Jaar, na província de Abyan. O governo do Iêmen, assim como o de parte dos países da Península Arábica, enfrenta resistências da oposição e conflitos.

Em junho, os militares reconquistaram o Sul do país, depois dois meses de luta contra militantes da Al Qaeda. Recentemente, houve um atentado e o governo do Iêmen informou que cinco combatentes da Al Qaeda foram mortos em um ataque de um avião não tripulado dos Estados Unidos na província de Hadramawt.

No ano passado, houve uma série de protestos para a renúncia do presidente Ali Abdullah Saleh, que esteve no poder por mais de três décadas. No lugar dele, assumiu Abdo Rabbo Mansour. Mesmo assim, o clima de tensão e incerteza permaneceu na região. Em março deste ano, o governo informou que os protestos pela renúncia de Saleh causaram mais de 2 mil mortes e deixaram 22 mil feridos.


*Com informações da BBC Brasil e da agência pública de notícias de Portugal, Lusa// Edição: Juliana Andrade
 

Mais Sobre Mundo - Internacional

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisadores de universidades americanas sugerem que os potenciais infiéis têm um perfil: Apresentam níveis educacionais e financeiros acima da méd

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

Quem pensa que o presidente francês Emmanuel Macron foi o primeiro presidente de uma potência europeia a questionar a soberania brasileira sobre a 

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Dos 183 países integrantes da Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas 38 pesquisados pelo organismo, entre eles o Brasil, contam com uma estratégia