Porto Velho (RO) quarta-feira, 8 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Argentinos comemoram nas ruas posse de Mauricio Macri


Da Agência Brasil

Gente de Opinião

O presidente eleito da Argentina, Mauricio Macri Elza Fiúza/Agência Brasil

Centenas de argentinos concentraram-se à meia-noite em frente à residência do presidente eleito, Mauricio Macri, comemorando antecipadamente a sua posse, que ocorre hoje (10). Cantando o hino nacional e gritando “sim, podemos”, simpatizantes de Macri seguiram para a Avenida do Libertador, a fim de saudar o novo presidente.

A concentração paralisou o trânsito e dezenas de motoristas começaram a buzinar em frente ao edifício onde mora Macri, que apareceu na varanda e acenou diversas vezes, acompanhado pela mulher, Juliana Awada. Buzinas e fogos de artifício foram ouvidos em outros pontos da cidade.

Centenas de pessoas se concentraram também em frente à residência particular da presidenta Cristina Kirchner. Elas cantavam o hino peronista, enquanto eram ouvidos gritos da oposição como “Argentina sem Cristina” ou “Maurício Presidente”.

A presidenta brasileira, Dilma Rousseff, viaja para a Argentina e participa da cerimônia ao meio-dia, em Buenos Aires. Ela retorna no início da tarde a Brasília.

Cristina Kirchner ocupou a presidência durante oito anos. Macri foi eleito no segundo turno das eleições, em 22 de novembro, com 51,42% dos votos, contra 48,60% de Daniel Scioli, o candidato apoiado pelo governo.

*Com informações da Agência Lusa

Mais Sobre Mundo - Internacional

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisadores de universidades americanas sugerem que os potenciais infiéis têm um perfil: Apresentam níveis educacionais e financeiros acima da méd

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

Quem pensa que o presidente francês Emmanuel Macron foi o primeiro presidente de uma potência europeia a questionar a soberania brasileira sobre a 

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Dos 183 países integrantes da Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas 38 pesquisados pelo organismo, entre eles o Brasil, contam com uma estratégia