Porto Velho (RO) terça-feira, 9 de agosto de 2022
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Argentina limita a importação de carne suína brasileira


Danilo Macedo
Agência Brasil

Brasília - O Ministério da Agricultura (Mapa) informou hoje (16) que o governo argentino propôs limitar a importação de carne suína do Brasil a 3 mil toneladas por mês. O produto nacional estava impedido de entrar na Argentina há mais de um mês. O ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro Filho, teve que viajar a Buenos Aires para conversar com o ministro argentino, Norberto Yahuar, em busca de uma solução para o problema.

A cota proposta por Yahuar, de acordo com o Mapa, tem o objetivo de evitar picos de importação que prejudiquem a economia do país vizinho. Além disso, deve tranquilizar a indústria de embutidos e reduzir a pressão inflacionária na Argentina, já que começava a dar sinais de desabastecimento do produto com elevação de preços.

Mendes Ribeiro aprovou a proposta. A cota é inferior à média de exportações de carne suína dos últimos quatro meses, que ultrapassou a marca de 4 mil toneladas.

Além da carne suína, o ministro brasileiro acertou com o colega argentino a definição de uma pauta de trabalho conjunta para discutir a regularização da entrada de arroz e trigo no Brasil.

Mais Sobre Mundo - Internacional

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Uma missão para um país como Israel, que se reinventou superando adversidades naturais e políticas, torna-se de grande relevância estratégica para est

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

A Missão Internacional Israel, promovida pelo Sebrae em Rondônia deve gerar grande frutos em breve. Empreendedores rondonienses compuseram a comitiv

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Mais da metade da população europeia deve ser infectada pela variante Ômicron do coronavírus nas próximas seis a oito semanas, disse nesta terça-fei

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

Em 16 de novembro, durante uma difícil operação de busca e resgate a menos de 30 milhas náuticas da costa da Líbia no Mediterrâneo Central, a equipe