Porto Velho (RO) domingo, 29 de março de 2020
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Aplicativo recolhe doações para ajudar a alimentar crianças sírias



Do Portal EBC

Gente de Opinião

O aplicativo "Share The Meal" (em português, "Compartilhe a Refeição") permite receber doações a fim de comprar comida  para crianças refugiadas da SíriaDivulgação Agência Brasil

O Programa Mundial de Alimentos da Organização das Nações Unidas (ONU) lançou o aplicativo "Share The Meal" (em português, "Compartilhe a Refeição") . O objetivo é receber doações para comprar comida para as crianças refugiadas da Síria.

Doações de pequenos valores são bem-vindas, já que o custo para alimentar uma criança por dia é equivalente a dois reais, segundo a agência da ONU.

As contribuições vão beneficiar as crianças sírias que estão na  Jordânia e participam do programa de alimentação escolar.

A diretora-executiva do Programa Mundial de Alimentos,  Ertharin Cousin, afirmou que a "versão digital de compartilhar uma refeição representa uma forma tangível de se acabar com a fome".

A experiência se baseia em teste feito em junho na Alemanha, Áustria e Suíça, com a meta de arrecadar refeições para estudantes do reino de Lesoto, no Sul da África. Na ocasião, foram feitas mais de 120 mil doações.

O aplicativo está disponível para celulares smartphone dos sistemas iOS e Android. O processo de doação dura cerca de 30 segundos.

Mais Sobre Mundo - Internacional

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisadores de universidades americanas sugerem que os potenciais infiéis têm um perfil: Apresentam níveis educacionais e financeiros acima da méd

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

Quem pensa que o presidente francês Emmanuel Macron foi o primeiro presidente de uma potência europeia a questionar a soberania brasileira sobre a 

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Dos 183 países integrantes da Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas 38 pesquisados pelo organismo, entre eles o Brasil, contam com uma estratégia