Porto Velho (RO) segunda-feira, 8 de agosto de 2022
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

AMAZÔNIA: Países sul-americanos formam rede de saúde


Países sul-americanos formam rede para atender saúde na Amazônia
Amanada Mota  - Agência Brasil
Manaus - Preocupados em garantir o desenvolvimento socioeconômico da Amazônia a partir de cuidados com a saúde da população, 21 instituições públicas e privadas de oito países latino-americanos decidiram compor uma rede internacional em ciência, tecnologia e inovação.
O grupo é formado pelo Brasil, Bolívia, Peru, Colômbia, Equador, Venezuela, Guiana e Suriname, que integram a região Pan-Amazônica.
"A importância da rede está no espaço de intercâmbio de informações e experiências para o desenvolvimento dessa região no campo saúde", diz o coordenador-geral da rede pela Fundação Oswaldo Cruz, Edmundo Galo. "Nesse sentido, ela pretende ser não apenas um espaço de reunião dos países e instituições parceiras para o diagnóstico de problemas locais, mas especialmente para fomento e monitoramento de projetos concretos que possam ter resultado a curto e médio prazos e impacto sobre o desenvolvimento social e econômico da região".
Os projetos da Rede Pan-Amazônica vão tratar da saúde relacionada a quatro eixos prioritários: cidadania, meio ambiente, desenvolvimento sócio-econômico e recursos humanos. Cada um terá apoio das instituições envolvidas e buscará o envolvimento das comunidades mais distantes e menos desenvolvidas.
Um exemplo de ação que está ganhando novo fôlego é a pesquisa desenvolvida pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) em parceria com o Peru e a Colômbia para combater a malária na fronteira dos três países. A cooperação científica na tríplice fronteira visa minimizar os efeitos negativos da doença e qualificar o atendimento das famílias que vivem no local.
A implementação oficial da rede ocorreu esta semana em Belém (PA), durante o 2º Encontro Pró-Rede Pan-Amazônica, organizado pela Fiocruz. O primeiro encontro foi em novembro do ano passado, em Manaus (AM).
As conversas iniciais sobre a rede surgiram das atividades realizadas em decorrência do Plano Amazônia Sustentável (PAS), lançado pelo governo federal em 2003.
O acompanhamento das ações será feito por uma secretaria técnica formada pela Organização Pan-americana de Saúde, Organização do Tratado de Cooperação Amazônica e Fiocruz.
No Brasil, a iniciativa contará com o apoio de secretarias estaduais e municipais de saúde, laboratórios, Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Universidade Federal do Pará (UFPA) e Instituto Emílio Ghoeldi.

Mais Sobre Mundo - Internacional

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Uma missão para um país como Israel, que se reinventou superando adversidades naturais e políticas, torna-se de grande relevância estratégica para est

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

A Missão Internacional Israel, promovida pelo Sebrae em Rondônia deve gerar grande frutos em breve. Empreendedores rondonienses compuseram a comitiv

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Mais da metade da população europeia deve ser infectada pela variante Ômicron do coronavírus nas próximas seis a oito semanas, disse nesta terça-fei

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

Em 16 de novembro, durante uma difícil operação de busca e resgate a menos de 30 milhas náuticas da costa da Líbia no Mediterrâneo Central, a equipe