Porto Velho (RO) domingo, 22 de maio de 2022
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Africanos ainda homenageiam Mandela em Joanesburgo



Danilo Macedo
Enviado especial à África do Sul

Gente de Opinião

Joanesburgo - No dia em que o corpo de Nelson Mandela chegou a Qunu, onde será enterrado, muitas pessoas foram à frente da casa onde o ícone da luta contra o apartheid passou seus últimos meses de vida. Em Houghton, nos arredores de Joanesburgo, um grupo de aproximadamente 50 pessoas cantavam músicas de agradecimento a Madiba, como é chamado carinhosamente o ex-presidente sul-africano.

Muitas crianças foram levadas por seus pais e deixaram flores no local, que desde a morte do ganhador do prêmio Nobel da Paz, em 1993, recebeu milhares de arranjos florais, velas e mensagens. As homenagens não são apenas dos sul-africanos, mas de pessoas de várias partes do mundo que por ali passaram e deixaram cartazes e cartas de agradecimento.

As pessoas tiravam fotos para registrar o momento e o local histórico. Alguns, ainda se emocionam a ponto de não conter as lágrimas com a lembrança de Mandela e de sua morte. Próximo à esquina da grande casa, alguns comerciantes aproveitam a ocasião para vender itens com a imagem do símbolo da liberdade e da paz na África do Sul: camisetas, quadros, boínas, bótons, entre outros.

A última cerimônia do funeral do "pai da nação", como é chamado, ocorrerá na manhã deste domingo, na fazenda da família, em Qunu, no Sudeste do país, onde o corpo será enterrado. Mandela, que assim como o título de sua autobiografia diz, percorreu um longo caminho para a liberdade, agora está a poucos instantes do seu descanso final.

Mais Sobre Mundo - Internacional

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Mais da metade da população europeia deve ser infectada pela variante Ômicron do coronavírus nas próximas seis a oito semanas, disse nesta terça-fei

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

Em 16 de novembro, durante uma difícil operação de busca e resgate a menos de 30 milhas náuticas da costa da Líbia no Mediterrâneo Central, a equipe

Com avanço nas Américas, Delta é "altamente preocupante", diz Organização Pan-Americana de Saúde

Com avanço nas Américas, Delta é "altamente preocupante", diz Organização Pan-Americana de Saúde

A variante Delta do novo coronavírus é "altamente preocupante", à medida que a mutação tem se espalhado para quase 20 países nas Américas, disseram