Porto Velho (RO) sexta-feira, 19 de agosto de 2022
..
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

'A Terra está em um movimento insustentável'



 Por Paula King, do Aprendiz 

''A Terra está em um movimento insustentável''. A afirmação é do economista indiano e vencedor do Prêmio Nobel da Paz de 2007 Rajendra Pachauri, que participa do I Fórum Internacional de Comunicação e Sustentabilidade, que acontece em Brasília (DF).

Para fazer tal constatação, Pachauri, que também é presidente do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC), lembrou de algumas previsões feitas pelo órgão das Nações Unidas. Segundo ele, até o ano 2020, cerca de 120 milhões de asiáticos serão afetados pela falta de água. Além disso, é esperado um crescimento de 70% da demanda por energia dos países em desenvolvimento, até 2030.

“O desenvolvimento sustentável é essencial. Não tem como não pensar nisso. Porém, a maioria das pessoas não sabe o que de fato é sustentabilidade e não sabe como praticá-la”, disse. Ele também condenou a ânsia do homem pelo consumo. “Precisamos mudar nossos valores. Não podemos gastar tanto ou consumir em excesso. As pessoas comem tanto e depois vão para a academia queimar as gorduras. Isso não faz sentido”.

O economista indiano defendeu a cautela por parte dos governos de países emergentes, como Brasil, China e Índia, quando o assunto é criar tetos para as emissões de CO2 na atmosfera. Posicionamento considerado polêmico pelos ambientalistas. Pachauri acredita que esses países precisam se preocupar com problemas ainda mais básicos, como a falta de eletricidade. “25% da população mundial não têm energia elétrica, sendo que deste total 450 milhões dos afetados são indianos”, lembrou de seu país.

Segundo ele, cada nação deve ter responsabilidades diferentes em relação ao posicionamento perante as mudanças climáticas. “Com milhões de pessoas que ainda não têm nem acesso à eletricidade, temos de cuidar para que essa necessidade seja suprida”.

“Não podemos esquecer que devemos educar nossas crianças para uma vida mais sustentável. Sim, nós já temos conhecimento suficiente para passar para as gerações mais novas para que elas desenvolvam um pensamento mais sustentável e que façam escolhas mais inteligentes”, avaliou. 

Fonte: Envolverde/Aprendiz

VOCÊ PODE GOSTAR

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Uma missão para um país como Israel, que se reinventou superando adversidades naturais e políticas, torna-se de grande relevância estratégica para est

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

A Missão Internacional Israel, promovida pelo Sebrae em Rondônia deve gerar grande frutos em breve. Empreendedores rondonienses compuseram a comitiv

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Mais da metade da população europeia deve ser infectada pela variante Ômicron do coronavírus nas próximas seis a oito semanas, disse nesta terça-fei

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

Em 16 de novembro, durante uma difícil operação de busca e resgate a menos de 30 milhas náuticas da costa da Líbia no Mediterrâneo Central, a equipe