Porto Velho (RO) quarta-feira, 20 de junho de 2018
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

A poucos dias da visita do papa, igrejas são alvo de ataques no Chile


Gente de Opinião

Reuters - Vândalos atacaram três igrejas em Santiago durante a madrugada desta sexta-feira, jogando bombas caseiras que causaram pequenos danos e deixando bilhetes ameaçando o papa Francisco, apenas três dias antes da visita do pontífice ao Chile na próxima semana, informou a polícia.

Os vândalos, cujas identidades ainda são desconhecidas, atearam fogo a pelo menos uma das igrejas na capital chilena e jogaram panfletos na rua antes de fugirem.

Um dos panfletos diz: "Papa Francisco, a próxima bomba será dentro da sua batina", informaram autoridades.

"As pessoas têm o direito de protestar, mas é uma coisa totalmente diferente usar violência", disse o ministro do Interior do Chile, Mahmud Aleuy, a repórteres, na manhã desta sexta-feira, após verificar os danos causados nas igrejas.

Francisco, que nasceu na Argentina e é o primeiro papa latino-americano, chega ao Chile na segunda-feira. Uma missa marcada para terça-feira em um parque de Santiago deve atrair mais de 500 mil pessoas.

São esperados protestos sobre questões que vão de direitos indígenas ao contínuo escândalo de abuso sexual na Igreja.

Gente de Opinião

Mais Sobre Mundo - Internacional

Alemanha, França e Itália condenam ex-ministros por irregularidades

Na história recente da Europa, há uma série de casos de corrupção envolvendo políticos que resultaram em condenações e prisões.

Papa: as ditaduras começam com a comunicação caluniosa

Papa: as ditaduras começam com a comunicação caluniosa

"As ditaduras, todas, começaram assim, adulterando a comunicação, para colocar a comunicação nas mãos de uma pessoa sem escrúpulo, de um governo sem e

Breno Altman: Coreia do Norte colocou os Estados Unidos de joelhos

Breno Altman: Coreia do Norte colocou os Estados Unidos de joelhos

O jornalista Breno Altman avalia o encontro do presidente dos Estados Unidos Donald Trump com o líder da Coreia do Norte Kim Jong-um; "A Coreia do Nor

Portugal aprova uso da maconha para fins medicinais

O parlamento português aprovou hoje (15) o uso da maconha (cannabis) com finalidade medicinal. O cultivo para uso próprio fica proibido.