Porto Velho (RO) sábado, 28 de março de 2020
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

11 mortos em ataque contra base aérea indiana



Da Agência Lusa

O número de mortos do ataque de sábado contra uma base da Força Aérea da Índia, na província de Punjab, aumentou para 11, depois da morte de um guarda da segurança nacional.

O ataque contra a base aérea indiana próximo da fronteira paquistanesa, no Norte do país, provocou 11 mortos, sete militares e os quatro terroristas, presumíveis combatentes islamitas.

O balanço anterior, feito ontem (2), dava conta de sete vítimas fatais, os quatro terrorisas e três militares.

O diretor-geral dos serviços de informação da polícia, Anil Kumar Sharma, informou à agência de notícias EFE que a operação das forças de segurança prossegue “no interior” da base, mais de 30 horas depois de ter começado.

Adiantou ainda que o Exército está presente no local e que a polícia coordena as ações no exterior e nas zonas circundantes.

O ministro do Interior da Índia, Rajnath Singh, confirmou hoje (3), em sua conta oficial no Twitter, que um tenente-coronel da Guarda de Segurança Nacional – um contingente antiterrorista – morreu durante as operações.

Mais Sobre Mundo - Internacional

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisadores de universidades americanas sugerem que os potenciais infiéis têm um perfil: Apresentam níveis educacionais e financeiros acima da méd

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

Quem pensa que o presidente francês Emmanuel Macron foi o primeiro presidente de uma potência europeia a questionar a soberania brasileira sobre a 

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Dos 183 países integrantes da Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas 38 pesquisados pelo organismo, entre eles o Brasil, contam com uma estratégia