Porto Velho (RO) quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Zoneamento de Rondônia na Rio+20


Criado em 1986, na escala de 1:1000000, o zoneamento é responsável pelo ordenamento territorial que visa à sustentabilidade dos três pilares: social, econômico e ambiental.

De acordo com Luiz Cláudio, depois das discussões da Eco 92, o Estado de Rondônia deu prosseguimento ao processo de aprimoramento do zoneamento, como o instrumento principal de planejamento e compatibilização das políticas públicas com os princípios da sustentabilidade ambiental. Em parceria com o governo federal, implantou o Plano Agropecuário e Florestal de Rondônia (Planafloro), sendo fruto desse trabalho, a segunda aproximação do zoneamento já com enfoque sócioeconômico e ecológico, numa escala de 1:250.000 (mais detalhado), com a participação efetiva da sociedade rondoniense.

O instrumento governamental trouxe principalmente definições de áreas produtivas, áreas de conservação e de preservação ambiental. “É uma ferramenta de planejamento importante, por ter diretrizes para cada uma das três zonas, além de trazer inúmeros benefícios para o Estado de Rondônia, como por exemplo, o monitoramento ambiental, a implantação do projeto de Licenciamento Ambiental de Propriedades Rurais e do Programa de Recuperação de Mata Ciliar”, finalizou Fernandes.

Fonte: Decom

Mais Sobre Meio Ambiente

Colaboradores do Sistema Fecomércio/RO participam da 4º etapa de implantação do Programa ECOS de Sustentabilidade

Colaboradores do Sistema Fecomércio/RO participam da 4º etapa de implantação do Programa ECOS de Sustentabilidade

Colaboradores do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac/IFPE, participaram no auditório da Federação durante dois dias, da 4° etapa da implantação do programa

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

O Brasil tem 790 barragens de rejeitos de minérios, e mais de 300 delas não foram classificadas em relação ao seu risco de rompimento e ao potencial d

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Os R$ 4 milhões também servirão para elaborar o Plano Municipal de Saneamento Básico e o Plano de Gerenciamento de Resíduos SólidosMais uma vitória im

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Ontem (31/01), a Fundação SOS Mata Atlântica deu início à Expedição Paraopeba, que irá percorrer 356 km deste rio, de Brumadinho à Hidroelétrica Retir