Segunda-feira, 15 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

TERREMOTO EM PORTO VELHO


As informações de um possível terremoto na América do Sul veiculadas na imprensa local na tarde de hoje, não coincidem com a realidade. Na verdade, os serviços de sismologia registraram um epicentro de tremor no mar do Caribe, na América Central, um fato anormal de reflexo de tremores no Brasil. 

Daniel Panobianco - Moradores de diversas cidades da Região Norte do Brasil, dentre elas as capitais Belém, Boa Vista, Manaus e Porto Velho, sentiram por volta das 16 horas (local), 18 horas (Horário brasileiro de verão), tremores nos pontos mais elevados de prédios públicos e residenciais. 

Em Rondônia, os tremores foram relatados em pelo menos três edifícios de Porto Velho, sendo um do Ministério Público. 

Em Ji-Paraná e Vilhena, também houve relato de moradores de edifícios que sentiram quadros balançando nas paredes e lustres tremendo por alguns segundos. 

Nas três cidades de Rondônia, não há informações de vitimas ou danos maiores. O Corpo de Bombeiros compareceu ao local em Porto Velho para averiguação e descartou a possibilidade de evacuação por completo. 

O tremor, com epicentro de 7,4 graus registrado no Caribe, na América Central, próximo à Martinica, vai contra as informações divulgadas pela imprensa local, que relatou um epicentro na costa do Chile. Até o momento, as informações - ainda que preliminares - não apontam em terremotos na costa chilena, o que seria mais aceitável dos rumores sentidos na Amazônia, pela distância considerável. 

A localização geográfica do epicentro ocorreu sob a latitude 14.95N e longitude 61.24W. Este tremor ocorreu em grandes profundidades. Cálculos preliminares indicam aproximadamente 143 km abaixo da superfície.

Dados: CPRM - Apolo11  - Fonte: De olho no tempo

Gente de OpiniãoSegunda-feira, 15 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Ibama define nova prioridade para enfrentar perdas na biodiversidade e a crise climática

Ibama define nova prioridade para enfrentar perdas na biodiversidade e a crise climática

Neste ano em que completa 35 anos, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) comemora o impacto do trabalho

Megaoperação destrói infraestrutura criminosa na Terra Indígena Yanomami

Megaoperação destrói infraestrutura criminosa na Terra Indígena Yanomami

As Forças de Segurança do governo brasileiro estão em ação conjunta ao redor e dentro da Terra Indígena Yanomami para impedir atividades criminosas

Projeto do CIMCERO e TJ-RO amplia estrutura para beneficiar viveiros em Rondônia

Projeto do CIMCERO e TJ-RO amplia estrutura para beneficiar viveiros em Rondônia

A parceria entre o Consórcio Público Intermunicipal de Rondônia (CIMCERO) e o Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia tem incentivado junto as pre

Gente de Opinião Segunda-feira, 15 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)