Porto Velho (RO) sexta-feira, 3 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Temperatura cai, mas sem recorde de frio em Rondônia


  
O quinto evento de friagem de 2008 chegou ao sul da Amazônia nesta segunda-feira. A temperatura caiu como de costume, mas sem registro de frio intenso e recorde de mínimas anunciado por um instituto local.

Daniel Panobianco – A temperatura caiu mais uma vez em Rondônia, assim como havia sido previsto na sexta-feira passada pelo CPTEC/INPE (Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos) do (Instituto Nacional de Pesquisas Nacionais) em seu boletim de alerta na internet. A queda de temperatura atingiu praticamente todos os 52 municípios rondonienses, mas sem registro de recorde de frio, assim como foi anunciado pelo SIPAM em boletim veiculado na imprensa local na sexta-feira com a seguinte mensagem:

"Uma nova massa de ar frio chega à região sul da Amazônia neste domingo. Os modelos de previsão do tempo indicam que a friagem virá com forte intensidade. Por isso, é grande a possibilidade de que este fenômeno provoque as temperaturas mais baixas deste ano de 2008 em praticamente toda a região. Veja como deverá ocorrer o sétimo fenômeno de friagem nos três Estados:"

A temperatura mínima no Estado, não foi registrada em Vilhena, como de costume. A menor temperatura neste evento de friagem ocorreu no oeste do Estado, na divisa com a Bolívia. No Posto Fiscal Rolim de Moura do Guaporé, que fica entre a divisa dos municípios de Alta Floresta d' Oeste e Alto Alegre os Parecis, a mínima observada às 7 horas foi de apenas 12,8°C.

Em Vilhena, a mínima foi de 14,1°C na estação meteorológica da REDEMET (Rede de Meteorologia do Comando da Aeronáutica) que está localizada no aeroporto Brigadeiro Camarão. Esta não é a menor temperatura do ano em Vilhena. A mínima, por enquanto, pertence ao dia 31 de maio, quando foram registrados na mesma estação apenas 11,8°C.

Na região central do Estado o ar polar não teve nada de incomum ou extremo. A temperatura mínima em Ji-Paraná chegou a 15,7°C às 7 horas e o recorde do ano, até o momento, pertence também ao dia 31 de maio, quando foram registrados apenas 13°C na região.

Em Porto Velho, a mínima registrada na estação automática do INMET, que está instalada às margens da rodovia BR-364 próxima ao Bairro Cascalheira, o ponto mais frio da capital, foi de 17,2°C e o recorde de frio também não ocorreu. A menor temperatura de 2008 é do dia 31 de maio, quando foram registrados 17°C na capital de Rondônia. No aeroporto internacional Governador Jorge Teixeira, os termômetros indicaram 19°C às 7 horas.

Em Guajará-Mirim, a mínima também chegou aos 14°C às 7 horas desta terça-feira, assim como em Cacoal, Rolim de Moura e São Francisco do Guaporé. Em Jaru e Ariquemes, as plataformas de coleta de dados registraram 15,8°C e 16,2°C respectivamente.

Confira as temperaturas mínimas desta terça-feira nas principais cidades do Estado:

Alta Floresta d' Oeste: 12,8°C (Posto Rolim de Moura do Guaporé)
Alta Floresta d' Oeste: 14,5°C (Cidade)
Costa Marques: 13,5°C (CPTEC/INPE)
Cacoal: 14,2°C (CPTEC/INPE)
São Miguel do Guaporé: 14,5°C (CTENERG)
São Francisco do Guaporé: 14,5°C (ANA)
Rolim de Moura: 14,8°C (CTENERG)
Ji-Paraná: 15,7°C (Aeroporto José Coleto)
Ji-Paraná: 16,5°C (Centro)
Jaru: 15,8°C (ANA)
Ariquemes: 16,2°C (CPTEC/INPE)
Campo Novo de Rondônia: 16,3°C (CTENERG)
Porto Velho: 17,2°C (INMET)
Porto Velho: 19,0°C (Aeroporto Jorge Teixeira)

Frio em Mato Grosso
No vizinho Estado de Mato Grosso, a temperatura mínima chegou a 08,6°C em Comodoro, 11,3°C em Pontes e Lacerda, 13,2 °C em Mundo Novo e 14°C no aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande.

No sul do Amazonas a temperatura também caiu. Em Humaitá, a mínima registrada na estação automática do INMET foi de 18,8°C.

CPTEC/INPE contesta dados
Outra informação veiculada no mesmo boletim do instituto rondoniense não está correta. O SIPAM informou que este é o sétimo evento de friagem, mas segundo o coordenador do GPT (Grupo de Previsão de Tempo) do CPTEC/INPE, Dr. Gustavo Escobar, na realidade esta é a 5° friagem de 2008. "Contabilizamos esta como a quinta friagem do ano na Amazônia, sendo a mais leve e menos persistente do ano", complementa.

Uma outra friagem já é avistada para o final do mês, com mais intensidade sobre o território rondoniense.

Dados: REDEMET – CPTEC/INPE – INMET – CTENERG – ANA Fonte: De olho no tempo

Mais Sobre Meio Ambiente

Acordo de R$ 2,7 milhões na Justiça do Trabalho viabilizará projetos sustentáveis em Presidente Médici/RO

Acordo de R$ 2,7 milhões na Justiça do Trabalho viabilizará projetos sustentáveis em Presidente Médici/RO

Um acordo no valor de R$ 2,7 milhões homologado pela Justiça do Trabalho em Ji-Paraná/RO beneficiará projetos sustentáveis que visam o tratamento e re

Rio Madeira ultrapassa os 15 metros, dois a menos que em 2019, afirma Defesa Civil

Rio Madeira ultrapassa os 15 metros, dois a menos que em 2019, afirma Defesa Civil

O rio Madeira atingiu na segunda-feira (9) a cota de 15,24 metros, um pouco acima da média (15 metros), mas longe de uma enchente como a registrada em

Prefeitura de Porto Velho alinha medidas para a realização do Amazônia + 21

Prefeitura de Porto Velho alinha medidas para a realização do Amazônia + 21

O prefeito Hildon Chaves se reuniu no Prédio do Relógio (sede do poder executivo) na manhã desta segunda-feira (09), acompanhado do secretário adjunto

Policiais Militares do Batalhão Ambiental participam de oficina sobre Crimes Ambientais de Menor Potencial Ofensivo

Policiais Militares do Batalhão Ambiental participam de oficina sobre Crimes Ambientais de Menor Potencial Ofensivo

Sessenta Policiais Militares do Batalhão de Polícia Ambiental, de todo o Estado, participaram na manhã desta sexta-feira (28/2) da Oficina sobre