Porto Velho (RO) segunda-feira, 23 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Sipam reúne especialistas para avaliar cheia 2010/2011



Sipam reúne especialistas para avaliar cheia 2010/2011 e gestão nos rios amazônicos transfronteiriços

Às vésperas do início da estação de cheia para os rios de Rondônia, Acre e Mato Grosso, o Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam) reúne em seu Centro Regional da Porto Velho instituições e pesquisadores envolvidos com o acompanhamento hidrológico em dois eventos sequenciais: a Oficina Pré-cheia 2010/2011 e o Workshop Prosul (projeto Amazon_COOP_H2O).

A Oficina Pré-cheia acontece nesta quarta-feira (17/11), a partir das 8h30, e visa antecipar o prognóstico da estação e debater o impacto que a subida das águas causará à população, viabilizando a adoção de políticas públicas. A oficina acontece na seqüência de uma série de eventos que, desde 2006, discutem cheias e vazantes nos três estados. Além dos especialistas do Sipam, participam do evento representantes das Defesas Civis municipais, estaduais e nacional, Secretarias de Meio Ambiente, Serviço Geológico do Brasil (CPRM), Agência Nacional de Águas (ANA), Delegacia Fluvial, Universidade Federal de Rondônia (Unir), Energia Sustentável do Brasil (Enersus), Santo Antônio Energia, entre outros.
 

Workshop Prosul

Na seqüência da oficina, a partir das 14h, terá início o Workshop Prosul – "Vulnerabilidade e gestão de bacias hidrográficas transfronteiriças", que reúne pesquisadores e demais interessados no projeto Amazon_COOP_H2O, financiado pelo Programa sul-americano de Apoio às Atividades de Cooperação em Ciência e Tecnologia (PROSUL), do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT).

Encabeçado pelo Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia (COPPE) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), o projeto visa a cooperação internacional entre os países amazônicos e engloba estudos que avaliam os impactos da ação humana sobre os rios, vulnerabilidade climática e adaptação dos recursos hídricos transfronteiriços da Bacia Amazônica. O foco principal são as bacias da região hidrográfica denominada “MAP”, que abarca os rios Madre de Dios (Peru), Pando (Bolívia), Acre e Madeira (Brasil).

A programação do Workshop se estende até sexta-feira (19/11). Participam do evento pesquisadores da UFRJ, Unir, Universidade Federal do Acre (UFAC), WWF e representantes de órgãos públicos do Brasil, Bolívia e Peru.

Fonte: Vanessa Ibrahim
 

Mais Sobre Meio Ambiente

Sistema Fecomércio participa do Lançamento do Amazônia + 21

Sistema Fecomércio participa do Lançamento do Amazônia + 21

O Presidente do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac/IFPE e Vice-Presidente da CNC, Raniery Araujo Coelho esteve no Lançamento do Fórum Amazônia + 21, ocorri

Pesquisadores descobrem complexo arqueológico na Amazônia Central

Pesquisadores descobrem complexo arqueológico na Amazônia Central

As crônicas de Gaspar de Carvajal, padre espanhol que navegou pelo rio Amazonas no século 16, descrevem uma área repleta de aldeias indígenas. ”Enco

Não faz o dever de casa - Enquanto Macron luta pela Amazônia, políticas ambientais da França desapontam

Não faz o dever de casa - Enquanto Macron luta pela Amazônia, políticas ambientais da França desapontam

O presidente francês, Emmanuel Macron, recebeu elogios por colocar os incêndios florestais na Amazônia no topo da agenda global, mas em casa os defens

Mais de 50 técnicos do Estado participam de curso de Geotecnologias e Ferramentas de Gestão do Território do projeto Plantar

Mais de 50 técnicos do Estado participam de curso de Geotecnologias e Ferramentas de Gestão do Território do projeto Plantar

Foi concluído nesta sexta-feira, em Porto Velho, o curso de Geotecnologias e Ferramentas de Gestão do Território, voltado a técnicos da Empresa de Ass