Porto Velho (RO) sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Semas realiza capacitação com técnicos do Cras


 
A secretaria municipal de Assistência Social (Semas) realizou na manhã desta quinta feira (18/11), no auditório da Federação dos Deficientes de Rondônia (Feder), capacitação com os técnicos dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) do município. Segundo Lilian Nascimento, coordenadora do Programa de Apoio à Pessoa com Deficiência, da prefeitura de Porto Velho, o curso teve o objetivo de fortalecer o compromisso dos técnicos no atendimento às pessoas com deficiências. “Com isso vamos promover ainda mais acessibilidade e a devida inclusão em programas e benefícios necessários a uma vida mais digna”, disse Lílian.

Zeneide Castro de Araújo, representante do INSS de Rondônia, ministrou palestra a convite da Semas, sobre o Beneficio de Prestação Continuada, que tem revisão realizada com o apoio do Cras.

“O Benefício de Prestação Continuada é um benefício da assistência social, integrante do Sistema Único da Assistência Social – SUAS, pago pelo Governo Federal, cuja operacionalização de reconhecimento do direito é do Instituto Nacional do Seguro Social – INSS e assegurado por lei, que permite o acesso de idosos e pessoas com deficiência às condições mínimas de uma vida com dignidade”, relatou Zeneide.

A representante do INSS explicou ainda que para requerer este beneficio o solicitante deverá comprovar que a renda mensal do grupo familiar per capita seja inferior a ¼ do salário mínimo, deverá também ser avaliado se a sua deficiência o incapacita para a vida independente e para o trabalho, e esta avaliação é realizada pelo Serviço Social e pela Pericia Médica do INSS.

“Daí a necessidade do trabalho conjunto com a prefeitura, pois sabemos da grande movimentação e procura pelos serviços nos Cras. Os assistentes sociais dos Centros é que realizam a entrevista necessária para a revisão do beneficio e por isso este treinamento é essencial para que o atendimento seja eficaz”, explicou.

Após a palestra os técnicos participaram de uma ampla discussão sobre o trabalho realizado nos Cras, que já somam (05) cinco em toda a cidade.

Fonte: Meiry Santos
 

Mais Sobre Meio Ambiente

Colaboradores do Sistema Fecomércio/RO participam da 4º etapa de implantação do Programa ECOS de Sustentabilidade

Colaboradores do Sistema Fecomércio/RO participam da 4º etapa de implantação do Programa ECOS de Sustentabilidade

Colaboradores do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac/IFPE, participaram no auditório da Federação durante dois dias, da 4° etapa da implantação do programa

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

O Brasil tem 790 barragens de rejeitos de minérios, e mais de 300 delas não foram classificadas em relação ao seu risco de rompimento e ao potencial d

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Os R$ 4 milhões também servirão para elaborar o Plano Municipal de Saneamento Básico e o Plano de Gerenciamento de Resíduos SólidosMais uma vitória im

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Ontem (31/01), a Fundação SOS Mata Atlântica deu início à Expedição Paraopeba, que irá percorrer 356 km deste rio, de Brumadinho à Hidroelétrica Retir