Porto Velho (RO) sábado, 22 de setembro de 2018
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Sema instala comissão de coleta seletiva nas secretarias


 
A prefeitura de Porto Velho, através da secretaria municipal de Meio Ambiente (Sema) realiza nesta sexta-feira (15), a partir das 15hs, no centro de formação de professores (sala anexo ao teatro Banzeiros) uma reunião para a formação da comissão interna de coleta seletiva nas secretarias.

Na ocasião será organizada uma comissão de gestores para as definições dos tipos de resíduos selecionados; a identidade visual do programa; datas de recolhimentos e a destinação dos resíduos das secretarias multiplicadoras da ação sendo elas: secretaria municipal de Meio Ambiente (Sema), secretaria municipal de Serviços Básicos (Semusb), secretaria municipal de Desenvolvimento Sócioeconômico e Turismo (Semdestur), Gabinete do Prefeito, secretaria municipal de Educação (Semed), secretaria municipal de Saúde (Semusa) e secretaria municipal de Administração (Semad).

Flávio Morais, adjunto da secretaria municipal de Meio Ambiente (Sema) explica que a reunião tem por objetivo, formalizar uma comissão interna com um representante de cada secretaria gestora, para a implantação da coleta seletiva solidária, uma das primeiras ações do programa A3P da agenda ambiental da administração pública um projeto da prefeitura e do Ministério do Meio Ambiente.

Coleta

Após a implantação da coleta seletiva nas secretarias, o lixo seco será separado do molhado e será recolhido pela empresa Eco Porto e os recicláveis serão destinados as cooperativas de catadores.

Conscientização ambiental

Com a iniciativa a prefeitura está fazendo a lição de casa com a separação dos lixos sólidos, a exemplo dos bairros Alphaville e Rio Candeias que iniciaram a coleta seletiva em março, e em 28 de abril o projeto será ampliado para mais dois bairros sendo eles: Jardim Santana e Ulisses Guimarães.

Com propostas audiovisuais do programa durante a reunião, a comissão organizadora prevê a implantação da coleta nas secretarias ainda neste mês.

Fonte: Saulo Bezerra


 

Mais Sobre Meio Ambiente

SP corre risco de enfrentar crise hídrica mais grave que a de 2014

SP corre risco de enfrentar crise hídrica mais grave que a de 2014

O Sistema Cantareira, que abastece parte da capital paulista e da Região Metropolitana, estava com quase 60% da capacidade um ano antes da crise de 20

Novo marco legal do saneamento gera polêmica no setor

Novo marco legal do saneamento gera polêmica no setor

Agentes reguladores estão avaliando a medida provisória

Parque Ecológico Municipal recebe plantio de Ipê e Flamboyant

Parque Ecológico Municipal recebe plantio de Ipê e Flamboyant

Um grupo de 30 crianças da Fundação JiCred plantou mudas de ipê e flamboyant no Parque Ecológico Municipal. A ação foi realizada pelo Sistema Cooperat