Porto Velho (RO) domingo, 29 de março de 2020
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Segundo CPTEC e INMET, outono será normal em Rondônia



A estação que começou às 02h48min de hoje deve ter chuvas e temperaturas dentro da média na maior parte do Brasil. Em Rondônia, o reflexo da nova estação é a diminuição no regime de chuvas e inicio dos episódios de friagem.

Daniel Panobianco – O outono é uma estação de transição entre o verão e inverno. Nesta estação verificam-se características de ambas, ou seja, mudanças rápidas nas condições de tempo, maior freqüência de nevoeiros e registros de geadas em locais serranos das Regiões Sudeste e Sul.

Nota-se uma redução das chuvas em grande parte do País, com o registro dos maiores totais de chuva, superiores a 700 mm, no extremo norte das Regiões Norte e Nordeste e no leste do Nordeste, onde se inicia o período mais chuvoso. No restante do País, predominam totais de chuva entre 150 mm e 400 mm.

Nas Regiões Sul, Sudeste e parte da Região Centro-Oeste do Brasil, as temperaturas tornam-se mais amenas devido à entrada de massas de ar frio, com temperaturas mínimas que variam entre 12ºC a 18ºC, chegando a valores inferiores a 10ºC nas regiões serranas. Nestas mesmas áreas, as temperaturas máximas oscilam entre 18ºC e 28ºC. Nas Regiões Norte e Nordeste, as temperaturas são mais homogêneas: a mínima variando em torno de 22ºC, e a máxima variando entre 30ºC e 32ºC.

Segundo a previsão climática feita pelo INMET (Instituto Nacional de Meteorologia) de Brasília e o CPTEC/INPE (Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos) do (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) de Cachoeira Paulista-SP, o outono de 2008 ainda terá reflexos do fenômeno La Niña, que é responsável pelo resfriamento das águas do Oceano Pacifico.

Em anos de La Niña, a chuva fica abaixo da média na Região Sul e em parte de Mato Grosso do Sul e São Paulo e acima da média em grande parte do Nordeste e norte da Região Norte, entre o Pará, Amapá e Roraima.

Em Rondônia, a previsão é de que as chuvas fiquem dentro da média neste outono, com períodos de precipitação intensa e continua e outros, com dias secos, o que é normal.

As temperaturas começam a sofrer seus ajustes e os primeiros eventos de friagem já podem ocorrer na primeira quinzena de abril, com queda acentuada de temperatura, principalmente no Cone Sul e região de Guajará-Mirim.

Para esse inicio de outono, a expectativa dos institutos é de que as massas de ar frio entrem com mais freqüência e intensidade sobre o Brasil.

Dados: CPTEC/INPE – INMET
Fonte: AMAZONIAOVIVO.COM

Mais Sobre Meio Ambiente

Acordo de R$ 2,7 milhões na Justiça do Trabalho viabilizará projetos sustentáveis em Presidente Médici/RO

Acordo de R$ 2,7 milhões na Justiça do Trabalho viabilizará projetos sustentáveis em Presidente Médici/RO

Um acordo no valor de R$ 2,7 milhões homologado pela Justiça do Trabalho em Ji-Paraná/RO beneficiará projetos sustentáveis que visam o tratamento e re

Rio Madeira ultrapassa os 15 metros, dois a menos que em 2019, afirma Defesa Civil

Rio Madeira ultrapassa os 15 metros, dois a menos que em 2019, afirma Defesa Civil

O rio Madeira atingiu na segunda-feira (9) a cota de 15,24 metros, um pouco acima da média (15 metros), mas longe de uma enchente como a registrada em

Prefeitura de Porto Velho alinha medidas para a realização do Amazônia + 21

Prefeitura de Porto Velho alinha medidas para a realização do Amazônia + 21

O prefeito Hildon Chaves se reuniu no Prédio do Relógio (sede do poder executivo) na manhã desta segunda-feira (09), acompanhado do secretário adjunto

Policiais Militares do Batalhão Ambiental participam de oficina sobre Crimes Ambientais de Menor Potencial Ofensivo

Policiais Militares do Batalhão Ambiental participam de oficina sobre Crimes Ambientais de Menor Potencial Ofensivo

Sessenta Policiais Militares do Batalhão de Polícia Ambiental, de todo o Estado, participaram na manhã desta sexta-feira (28/2) da Oficina sobre