Porto Velho (RO) sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Segundo CPTEC e INMET, outono será normal em Rondônia



A estação que começou às 02h48min de hoje deve ter chuvas e temperaturas dentro da média na maior parte do Brasil. Em Rondônia, o reflexo da nova estação é a diminuição no regime de chuvas e inicio dos episódios de friagem.

Daniel Panobianco – O outono é uma estação de transição entre o verão e inverno. Nesta estação verificam-se características de ambas, ou seja, mudanças rápidas nas condições de tempo, maior freqüência de nevoeiros e registros de geadas em locais serranos das Regiões Sudeste e Sul.

Nota-se uma redução das chuvas em grande parte do País, com o registro dos maiores totais de chuva, superiores a 700 mm, no extremo norte das Regiões Norte e Nordeste e no leste do Nordeste, onde se inicia o período mais chuvoso. No restante do País, predominam totais de chuva entre 150 mm e 400 mm.

Nas Regiões Sul, Sudeste e parte da Região Centro-Oeste do Brasil, as temperaturas tornam-se mais amenas devido à entrada de massas de ar frio, com temperaturas mínimas que variam entre 12ºC a 18ºC, chegando a valores inferiores a 10ºC nas regiões serranas. Nestas mesmas áreas, as temperaturas máximas oscilam entre 18ºC e 28ºC. Nas Regiões Norte e Nordeste, as temperaturas são mais homogêneas: a mínima variando em torno de 22ºC, e a máxima variando entre 30ºC e 32ºC.

Segundo a previsão climática feita pelo INMET (Instituto Nacional de Meteorologia) de Brasília e o CPTEC/INPE (Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos) do (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) de Cachoeira Paulista-SP, o outono de 2008 ainda terá reflexos do fenômeno La Niña, que é responsável pelo resfriamento das águas do Oceano Pacifico.

Em anos de La Niña, a chuva fica abaixo da média na Região Sul e em parte de Mato Grosso do Sul e São Paulo e acima da média em grande parte do Nordeste e norte da Região Norte, entre o Pará, Amapá e Roraima.

Em Rondônia, a previsão é de que as chuvas fiquem dentro da média neste outono, com períodos de precipitação intensa e continua e outros, com dias secos, o que é normal.

As temperaturas começam a sofrer seus ajustes e os primeiros eventos de friagem já podem ocorrer na primeira quinzena de abril, com queda acentuada de temperatura, principalmente no Cone Sul e região de Guajará-Mirim.

Para esse inicio de outono, a expectativa dos institutos é de que as massas de ar frio entrem com mais freqüência e intensidade sobre o Brasil.

Dados: CPTEC/INPE – INMET
Fonte: AMAZONIAOVIVO.COM

Mais Sobre Meio Ambiente

Colaboradores do Sistema Fecomércio/RO participam da 4º etapa de implantação do Programa ECOS de Sustentabilidade

Colaboradores do Sistema Fecomércio/RO participam da 4º etapa de implantação do Programa ECOS de Sustentabilidade

Colaboradores do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac/IFPE, participaram no auditório da Federação durante dois dias, da 4° etapa da implantação do programa

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

O Brasil tem 790 barragens de rejeitos de minérios, e mais de 300 delas não foram classificadas em relação ao seu risco de rompimento e ao potencial d

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Os R$ 4 milhões também servirão para elaborar o Plano Municipal de Saneamento Básico e o Plano de Gerenciamento de Resíduos SólidosMais uma vitória im

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Ontem (31/01), a Fundação SOS Mata Atlântica deu início à Expedição Paraopeba, que irá percorrer 356 km deste rio, de Brumadinho à Hidroelétrica Retir