Porto Velho (RO) domingo, 23 de setembro de 2018
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Sedam conclui 60% do mapeamento da base cartográfica


 Sedam conclui 60% do mapeamento da base cartográfica - Gente de Opinião


Dando continuidade ao projeto de geração da base cartográfica digital do Estado de Rondônia, referente às categorias hidrográfica, vegetação, sistema de transportes, bem como a altimetria em todo o território, retornaram na manhã de hoje (08/06) a sede da Sedam, a equipe comandada pelo tenente Sá do exército brasileiro e servidores da secretaria.

O retorno da equipe para Porto Velho se deu em virtude de apresentar ao secretário Vilson Machado os trabalhos que já foram implementados. Segundo o tenente Sá, através dos serviços da 5ª Divisão de Levantamento (DCT-DSG) do Exercito Brasileiro, Rondônia obtém um custo benefício de aproximadamente R$ 12.000.000,00 - Doze Milhões de Reais. “Cerca de 60% do serviço de mapeamento já está concluído. A mão de obra formada por militares e servidores da Sedam já alcançou todo o cone sul, zona da mata, a grande Ariquemes e vale do Jamari, que já estão mapeados e agora o trabalho em uma segunda fase, abrangerá Porto velho, parte de Guajará Mirim e a região do Vale do Rio Madeira.
 

Sedam conclui 60% do mapeamento da base cartográfica - Gente de Opinião

O Secretário Vilson Machado informou que após a complementação da base cartográfica, já devidamente corrigida, os dados irão compor o sistema cartográfico nacional, que ficará sob a responsabilidade do IBGE, bem como incorporadas no banco de dados geográficos do exército. “Será um quantitativo de 477 folhas planialtimétricas estruturadas em uma escala 1:50000, conforme normas técnicas do comitê de estruturação da mapoteca digital da CONCAR e disponibilizado através de Geoserviços do portal da INDE.”, Explicou Vilson.

Segundo a técnica Wanda Noronha este trabalho possibilitará a Rondônia, a implementação de um fantástico banco de dados cartográfico digital com uma minuciosa planialtimetria que atenderá as necessidades de planejamento, fiscalização e execução das atividades da sedam. “Ações como Cadastramento Ambiental Rural, Zoneamento Socioeconômico Estadual e Municipal, Gestão Ambiental, Agronegócios serão subsidiados com as informações. Assim o Governo do Estado poderá implementar novas políticas públicas para a infraestrutura (água, saneamento, energia elétrica e transporte.)”. Comemorou Wanda.

Fonte: Rosinaldo Machado / Sedam / Ascom
 

Mais Sobre Meio Ambiente

SP corre risco de enfrentar crise hídrica mais grave que a de 2014

SP corre risco de enfrentar crise hídrica mais grave que a de 2014

O Sistema Cantareira, que abastece parte da capital paulista e da Região Metropolitana, estava com quase 60% da capacidade um ano antes da crise de 20

Novo marco legal do saneamento gera polêmica no setor

Novo marco legal do saneamento gera polêmica no setor

Agentes reguladores estão avaliando a medida provisória

Parque Ecológico Municipal recebe plantio de Ipê e Flamboyant

Parque Ecológico Municipal recebe plantio de Ipê e Flamboyant

Um grupo de 30 crianças da Fundação JiCred plantou mudas de ipê e flamboyant no Parque Ecológico Municipal. A ação foi realizada pelo Sistema Cooperat