Porto Velho (RO) sexta-feira, 5 de março de 2021
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Secretário pede ajuda da população para manter cidade limpa


O titular da Secretaria Municipal de Serviços Públicos (Semusp) Waldison Pinheiro pede a colaboração da população para manter a cidade limpa e ao mesmo tempo lamenta o fato de muitos moradores jogarem lixo nas ruas, atraindo insetos nocivos à saúde pública.
 
O secretário citou o que vem ocorrendo na região do Cai n'Água, bairro Triângulo, onde moradores, proprietários de açougue e de peixarias jogam ossos e restos de peixes sem os devidos cuidados, no contêiner que serve como depósito de lixo para os feirantes que trabalham no Mercado do Peixe.
 
Pinheiro explica que o lixo do contêiner é recolhido diariamente (todas as manhãs), mas caminhões e caminhonetes vindos até de outras regiões da cidade jogam ossos e peixes podres no local. "Esse material deve ser colocado em sacos de lixo devidamente vedados", orienta. Caso alguém tenha dificuldade em conseguir os sacos para depositar o lixo, a Semusp pode fornecer, acrescenta.
 
O secretário disse que é preciso conscientização por parte de toda a comunidade para ajudar a prefeitura a manter a cidade limpa. "São os próprios moradores que sofrem as conseqüências quando lixo é jogado na rua ou depositado na lixeira sem os devidos cuidados", enfatiza Waldison Pinheiro.
 
Ele revela que já conversou com os donos de bancas do Marcado do Peixe e também acionou os fiscais. "Se for o caso, vamos notificar e multar os infratores. Se persistir o problema, poderemos retirar o contêiner do local e implantar um serviço diferenciado para coleta dos resíduos produzidos no mercado".
 
Pinheiro afirma que não há motivo para a população jogar lixo na rua, pois o calendário de coleta elaborado pela prefeitura está sendo cumprido rigorosamente. No bairro Triângulo, por exemplo, o caminhão passa recolhendo o lixo toda terça, quinta-feira e no sábado.

Fonte: Ascom

Mais Sobre Meio Ambiente

Acima do normal, cheia do rio Madeira apresenta tendência de estabilização de níveis

Acima do normal, cheia do rio Madeira apresenta tendência de estabilização de níveis

Resultado de chuvas acima do esperado, o rio Madeira em Porto Velho atingiu nesta semana a faixa de zona de atenção para máximas, patamar em que, de

Reitora da UNIR abre Web-Conferência sobre regularização e conflitos socioambientais em Rondônia

Reitora da UNIR abre Web-Conferência sobre regularização e conflitos socioambientais em Rondônia

A reitora da Universidade Federal do Rondônia (UNIR), Marcele Pereira, e a engenheira civil e coordenadora do Grupo de Trabalho Estadual do Programa

Governo de Rondônia antecipa estratégias para atender famílias atingidas pela cheia do rio Madeira

Governo de Rondônia antecipa estratégias para atender famílias atingidas pela cheia do rio Madeira

O Governo do Estado de Rondônia, por meio do Corpo de Bombeiros Militar, em parceria com a Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (Cmpdec)