Porto Velho (RO) quarta-feira, 19 de setembro de 2018
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Secretaria Municipal de Meio Ambiente intensifica campanha contra queimadas


A Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Sema) estará dando início a segunda etapa da campanha Não Queime! Queimada Urbana é Crime. A campanha é composta de ações educativas e ações repressivas. O início da segunda fase, que ocorre na próxima quarta-feira (07/08), não significa o encerramento das ações educativas, que terão continuidade com as visitas em escolas e unidades de saúde, com a divulgação por meio de propagandas em Rádio, TV, jornais, outdoor, camisetas e outras formas. Quanto à segunda etapa, ela pretende promover ações de enfrentamentos às queimadas e a punição dos que promovem incêndios.

Conforme explicou a diretora do Departamento de Gestão de Políticas Públicas Ambientais da Sema, Lucinara Camargo, com a campanha repressiva, os moradores serão incentivados a não queimar e também a denunciarem os que provocam incêndios. Multas entre R$ 2.617,00 a R$ 5.000.000,00 poderão ser aplicadas em conformidade às situações”, elucidou.

No dia 07 de agosto, a segunda etapa terá início com a concentração de servidores da Sema, soldados do Quinto Batalhão de Engenharia de Selva (5º BEC) e componentes do Corpo de Bombeiros no Trevo do Roque, a partir das dezesseis horas, para atuarem com a abordagem direta nas residências da cidade. “Os agentes vão tratar diretamente com os moradores. Queremos falar da importância de não promover queimadas, mas também serão realizadas autuações pelos fiscais da Sema, que também poderão multar diretamente os que forem vistos participando de queimadas”, explicou a diretora.

As campanhas da Sema contra as queimadas têm sido realizadas anualmente em Porto Velho. O projeto tem sido muito bem conceituado e, a partir da conferência Rio + 20, passou a fazer parte do catálogo dos vinte principais projetos realizados por secretarias de meio ambiente no Brasil. Segundo explicou Camargo, para haver a caracterização de uma queimada basta que exista a denúncia e os vestígios de materiais consumidos por fogo. Assim, as pessoas poderão ser multadas com base nessas evidências. A campanha durará até o dia 09 de outubro e a Sema espera que a incidência de queimadas na área urbana do município de Porto Velho decresça consideravelmente com as atuações educativas e repressivas lideradas pela Sema.

Fonte: Renato Menghi
 

Mais Sobre Meio Ambiente

SP corre risco de enfrentar crise hídrica mais grave que a de 2014

SP corre risco de enfrentar crise hídrica mais grave que a de 2014

O Sistema Cantareira, que abastece parte da capital paulista e da Região Metropolitana, estava com quase 60% da capacidade um ano antes da crise de 20

Novo marco legal do saneamento gera polêmica no setor

Novo marco legal do saneamento gera polêmica no setor

Agentes reguladores estão avaliando a medida provisória

Parque Ecológico Municipal recebe plantio de Ipê e Flamboyant

Parque Ecológico Municipal recebe plantio de Ipê e Flamboyant

Um grupo de 30 crianças da Fundação JiCred plantou mudas de ipê e flamboyant no Parque Ecológico Municipal. A ação foi realizada pelo Sistema Cooperat