Porto Velho (RO) quinta-feira, 2 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Rondônia registra dia mais quente do ano; Cacoal e Ji-Paraná beiraram 40°C


   
A forte massa de ar quente e mais seco voltou a cobrir o Estado disparando as temperaturas. Na região central, as máximas ficaram muito próximas dos 40°C.

Daniel Panobianco – Os termômetros dispararam mais uma vez em Rondônia nesta quinta-feira. Após um longo período de máximas acima da média em julho e agosto, setembro também deixa marcas de que esse é o ano mais quente de que se tem registro em diversos municípios rondonienses. As temperaturas máximas observadas nas regiões de Cacoal e Ji-Paraná são as maiores do ano e recorde absoluto de calor em um mês de setembro desde 1998.

A maior temperatura desta quinta-feira foi registrada em Ji-Paraná, no Centro da cidade, com 39,0°C em uma estação particular. O recorde anterior era de 38,7°C registrado no dia 25 de agosto.

Em Cacoal, a estação automática do INMET (Instituto Nacional de Meteorologia) registrou 38,9°C entre 14 e 15 horas (local). O recorde anterior de 2008 era de 38,4°C registrado no dia 26 de agosto

Em Ariquemes não houve recorde de máxima. Isso porque a umidade esteve mais elevada, por conta de uma pancada de chuva registrada entre o final da noite de ontem e inicio da madrugada de hoje, mas mesmo assim fez calor. A máxima registrada na estação automática do INMET, em uma região arborizada distante da cidade, chegou a 35,1°C. O recorde de máxima em Ariquemes é de 38°C registrado no dia 25 de agosto.

Em Vilhena, outra estação automática do INMET acusou 35,5°C entre 14 e 15 horas (local), sendo que o recorde de 2008 é de 36°C registrado no dia 26 de agosto. Já na estação convencional da REDEMET (Rede de Meteorologia do Comando da Aeronáutica) instalada no aeroporto Brigadeiro Camarão, a máxima do dia chegou aos 35°C, mesmo valor registrado nos dias 26 de agosto e 1 de setembro desse ano. O recorde histórico mensal de máxima nessa estação é de 36°C registrado no dia 29 de setembro de 2007.

Na fronteira com a Bolívia, Guajará-Mirim também sapecou com máxima de 38°C, igualando ao valor registrado nos dias 16 e 22 de agosto desse ano. O recorde mensal de máxima em Guajará-Mirim é de 38,1°C registrado em 24 de setembro de 2007.

Em Porto Velho, a temperatura na Zona Sul, na estação automática do INMET esteve elevada, porém sem quebra de recordes. A máxima chegou aos 34,6°C, sendo que o recorde de 2008 é de 37,5°C registrado no dia 27 de agosto. Na estação da REDEMET, no aeroporto Governador Jorge Teixeira de Oliveira, a máxima chegou aos 33°C. O recorde de calor em 2008 nessa estação é de 37°C registrado no dia 27 de agosto. Já a maior temperatura máxima registrada durante um mês de setembro é de 38,2°C, reportada no dia 3 em 2006, sendo a maior temperatura de que se tem registro em um mês de setembro desde que a estação foi aberta, em 1982.

Umidade

Além do forte calor, a umidade relativa do ar também esteve baixa em grande parte de Rondônia, com valores de até 19% em Cacoal e 25% em Ji-Paraná. Na região de Vilhena, a UR ficou em torno de 21% e em Ariquemes, 38%. Em Guajará-Mirim, a menor umidade do dia foi de 31% e em Porto Velho, 56%. Valores de umidade entre 20% e 30% são classificados como Estado de Atenção pela OMS (Organização Mundial de Saúde) e índices entre 12% e 20%, como Estado de Alerta. Sendo assim, a região de Cacoal está em Estado de Alerta por conta do ar extremamente seco.

Dados: INMET – REDEMET
Fonte: De olho no tempo

Mais Sobre Meio Ambiente

Acordo de R$ 2,7 milhões na Justiça do Trabalho viabilizará projetos sustentáveis em Presidente Médici/RO

Acordo de R$ 2,7 milhões na Justiça do Trabalho viabilizará projetos sustentáveis em Presidente Médici/RO

Um acordo no valor de R$ 2,7 milhões homologado pela Justiça do Trabalho em Ji-Paraná/RO beneficiará projetos sustentáveis que visam o tratamento e re

Rio Madeira ultrapassa os 15 metros, dois a menos que em 2019, afirma Defesa Civil

Rio Madeira ultrapassa os 15 metros, dois a menos que em 2019, afirma Defesa Civil

O rio Madeira atingiu na segunda-feira (9) a cota de 15,24 metros, um pouco acima da média (15 metros), mas longe de uma enchente como a registrada em

Prefeitura de Porto Velho alinha medidas para a realização do Amazônia + 21

Prefeitura de Porto Velho alinha medidas para a realização do Amazônia + 21

O prefeito Hildon Chaves se reuniu no Prédio do Relógio (sede do poder executivo) na manhã desta segunda-feira (09), acompanhado do secretário adjunto

Policiais Militares do Batalhão Ambiental participam de oficina sobre Crimes Ambientais de Menor Potencial Ofensivo

Policiais Militares do Batalhão Ambiental participam de oficina sobre Crimes Ambientais de Menor Potencial Ofensivo

Sessenta Policiais Militares do Batalhão de Polícia Ambiental, de todo o Estado, participaram na manhã desta sexta-feira (28/2) da Oficina sobre