Porto Velho (RO) sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Rajada de vento de 154 km/h provoca destruição em PVH


Rajada de vento de 154 km/h provoca destruição em PVH - Gente de Opinião

Uma forte linha de instabilidade cruzou rapidamente o norte de Rondônia no inicio da tarde deste sábado (15) provocando estragos em Porto Velho. Segundo as primeiras informações do Corpo de Bombeiros, árvores caíram em bairros das Zonas Leste e Sul, além de casas destelhadas.

Já em Candeias do Jamari, o vento forte provocou interrupção no fornecimento de energia elétrica em alguns setores.

A imagem do radar meteorológico da Rede de Meteorologia do Comando da Aeronáutica (Redemet) na capital captou elevadas taxas de refletividade, quadro compatível à ocorrência de tempo severo.

Já dados de METAR do aeroporto internacional “Governador Jorge Teixeira de Oliveira” informaram rajada máxima de vento de 64,8 km/h às 12h15min (local), com queda de temperatura de 33°C para 24°C em apenas uma hora e redução da visibilidade na pista para 1.500 metros.

Já a estação meteorológica automática mantida pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) na Zona Sul computou rajada máxima de vento de incríveis 42,8 m/s, o que equivale a 154 km/h.

Fonte: De Olho no Tempo

 

Mais Sobre Meio Ambiente

Colaboradores do Sistema Fecomércio/RO participam da 4º etapa de implantação do Programa ECOS de Sustentabilidade

Colaboradores do Sistema Fecomércio/RO participam da 4º etapa de implantação do Programa ECOS de Sustentabilidade

Colaboradores do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac/IFPE, participaram no auditório da Federação durante dois dias, da 4° etapa da implantação do programa

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

O Brasil tem 790 barragens de rejeitos de minérios, e mais de 300 delas não foram classificadas em relação ao seu risco de rompimento e ao potencial d

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Os R$ 4 milhões também servirão para elaborar o Plano Municipal de Saneamento Básico e o Plano de Gerenciamento de Resíduos SólidosMais uma vitória im

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Ontem (31/01), a Fundação SOS Mata Atlântica deu início à Expedição Paraopeba, que irá percorrer 356 km deste rio, de Brumadinho à Hidroelétrica Retir