Porto Velho (RO) quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Projetos socioambientais da Santo Antônio Energia são apresentados


Os resultados dos projetos de monitoramento ambiental e de controle ao número de casos de malária em Porto Velho, realizados pela Santo Antônio Energia, são apresentação no XXIX Seminário Nacional de Grandes Barragens (SNGB). O evento, que tem como objetivo estimular o desenvolvimento e aplicação das melhores tecnologias e práticas da engenharia de barragens dentro de uma política de desenvolvimento sustentável, que será realizado até o dia 11 de abril, em Pernambuco.

“O Seminário é uma oportunidade para trocarmos experiências e discutirmos a segurança das barragens, o que contribui para a qualidade dos trabalhos, das construções e dos serviços de manutenção das obras”, explica Ricardo Marcio Martins Alves, gerente de Sustentabilidade da Santo Antônio Energia.

O primeiro trabalho apresentado é o “Programa de Gestão Sociopatrimonial da Área de Influência Direta do Reservatório da Usina Santo Antônio – Aplicação de Imagens de Radar Interferométrico na Análise de Detecção de Mudança”. Trata-se de um projeto inédito no Brasil, realizado em parceria com a OrbiSat, empresa da Embraer Defesa e Segurança, que identifica desmatamentos, construções irregulares e corte seletivo de árvores numa área de cerca de 2,8 mil km² em torno da usina. O levantamento, que tem duração inicial de 12 meses, permite maior controle da área e dos danos ao patrimônio, além de gerar documentação com fatos e dados para eventuais ações na Justiça contra ações irregulares.

Já o “Plano de Ação de Controle da Malária da Usina Santo Antônio”, iniciado em janeiro de 2009 em parceria com órgãos governamentais, fornece Mosquiteiros Impregnados de Longa Duração (MILD) que auxiliam no controle da doença. O número de casos de malária em Porto Velho (RO) caiu 10% entre janeiro e julho de 2012, se comparado com o mesmo período do ano anterior, segundo a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa).

A região já havia registrando queda de 30% nos casos em 2011 em relação aos números de 2010. Com o índice, a cidade passou de alto para médio risco de incidência de infecção da doença, de acordo com o Ministério da Saúde. Ao longo de três anos do Programa, cerca de 10 mil famílias de Porto Velho foram beneficiadas, com 200 mil unidades instaladas e investimento de R$ 12,4 milhões.

Os projetos também serão publicados nos Anais dos Congressos, ambos classificados no tema “O Impacto Ambiental das Grandes Barragens”.

 

Santo Antônio Energia

É a concessionária responsável pela construção e operação da Usina Hidrelétrica Santo Antônio, localizada no rio Madeira, em Porto Velho (RO), e pela comercialização da energia a ser gerada. A usina, que iniciou a geração comercial de energia em 30 de março de 2012, gerará, a partir do fim de 2015, energia suficiente para abastecer o consumo de, aproximadamente, 40 milhões de pessoas. O empreendimento tem investimento de R$ 16 bilhões e é referência em construção de hidrelétricas sustentáveis. Os acionistas da Santo Antônio Energia são as empresas Furnas (39%), Odebrecht Energia (18,6%), Andrade Gutierrez (12,4%), Cemig (10%) e o Caixa FIP Amazônia Energia (20%). A UHE Santo Antônio é uma das primeiras grandes obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do governo federal, a entrar em operação.

 Fonte:  José Carlos Sá

Mais Sobre Meio Ambiente

Colaboradores do Sistema Fecomércio/RO participam da 4º etapa de implantação do Programa ECOS de Sustentabilidade

Colaboradores do Sistema Fecomércio/RO participam da 4º etapa de implantação do Programa ECOS de Sustentabilidade

Colaboradores do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac/IFPE, participaram no auditório da Federação durante dois dias, da 4° etapa da implantação do programa

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

O Brasil tem 790 barragens de rejeitos de minérios, e mais de 300 delas não foram classificadas em relação ao seu risco de rompimento e ao potencial d

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Os R$ 4 milhões também servirão para elaborar o Plano Municipal de Saneamento Básico e o Plano de Gerenciamento de Resíduos SólidosMais uma vitória im

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Ontem (31/01), a Fundação SOS Mata Atlântica deu início à Expedição Paraopeba, que irá percorrer 356 km deste rio, de Brumadinho à Hidroelétrica Retir