Terça-feira, 23 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

PROJETO SALVA TARTARUGAS EM RONDÔNIA


Projeto de preservação vem sendo desenvolvido há 32 anos no Vale do Guaporé. Só neste ano, 130 mil filhotes foram coletados e soltos no rio

Uma comunidade se uniu e trabalha para preservar tartarugas no Rio Guaporé, em Rondônia. O grupo comemora bons resultados. São doze praias protegidas pelo projeto Quelônios da Amazônia.

O homem que cresceu comendo tartarugas, hoje ajuda a preservar. “Antigamente, a gente pegava até os ovos para tirar a gordura. Hoje, até para comer é proibido”, afirma o vigilante de praia Otoniel Braga.

A consciência é resultado do projeto que vem sendo desenvolvido há 32 anos no Vale do Guaporé. Só neste ano, 130 mil filhotes foram coletados e soltos no rio.

De acordo com pesquisadores, a intervenção do homem aumenta para 10% a taxa de sobrevivência dos filhotes na natureza. No processo natural, esse índice não passa de 1%.

Resultados

Desde 2000, tartarugas e tracajás (tartaruga de água doce, encontrada nos rios da Amazônia) estão fora da lista de animais ameaçados de extinção.

“A presença de fiscalização, hoje, é mais em caráter educativo do que punitivo. Você pega o Rio Guaporé, com toda a população ribeirinha, não tem nem um caso de ato de infração relativo a esses 

Fonte: Globo Rural

PROJETO SALVA TARTARUGAS EM RONDÔNIA - Gente de Opinião

PROJETO SALVA TARTARUGAS EM RONDÔNIA - Gente de Opinião

PROJETO SALVA TARTARUGAS EM RONDÔNIA - Gente de Opinião

Gente de OpiniãoTerça-feira, 23 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

EcoCast: série especial discute os desafios e oportunidades do mercado de carbono no Brasil

EcoCast: série especial discute os desafios e oportunidades do mercado de carbono no Brasil

Você sabe o que são os famosos créditos de carbono? E como eles funcionam, você sabe? Na série especial “Carbono: desafios e oportunidades” recebemos

Inovação e Sustentabilidade em Rondônia: UNIR e Eletrogoes Avançam na Pesquisa Florestal

Inovação e Sustentabilidade em Rondônia: UNIR e Eletrogoes Avançam na Pesquisa Florestal

O Grupo de Pesquisa de Recuperação de Ecossistemas e Produção Florestal, coordenado pelas Dra. Kenia Michele de Quadros e Dra. Karen Janones da Roch

Pesquisa estuda folha da Amazônia para substituição do mercúrio na extração de ouro

Pesquisa estuda folha da Amazônia para substituição do mercúrio na extração de ouro

Pau-de-balsa é uma espécie florestal nativa da Amazônia e já é utilizada de forma artesanal na Colômbia para extração de ouro.Agora, cinco instituiçõ

Ibama define nova prioridade para enfrentar perdas na biodiversidade e a crise climática

Ibama define nova prioridade para enfrentar perdas na biodiversidade e a crise climática

Neste ano em que completa 35 anos, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) comemora o impacto do trabalho

Gente de Opinião Terça-feira, 23 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)