Porto Velho (RO) quinta-feira, 19 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Programa de Arborização da prefeitura chega nas Avenidas Rio de Janeiro e Mamoré



Até sexta-feira, 19, mais de 700 novas árvores serão plantadas em locais estratégicos da cidade pela prefeitura de Porto Velho. É a continuidade do programa “Porto Velho Mais Verde”, lançado em novembro do ano passado. Essa nova etapa foi iniciada pela Avenida Rio de Janeiro, com plantio de 330 mudas no trecho que vai da Avenida Jorge Teixeira até a Mamoré.

Nesta quinta-feira, 18, a equipe da secretaria municipal de Meio Ambiente (Semas) inicia a intervenção na Mamoré, na extensão que vai da Avenida Calama até a BR. Nesse trecho serão plantadas mais 400 mudas. A previsão é que o trabalho seja concluído nesta sexta-feira. Até o final de dezembro, a meta da prefeitura é plantar 20 mil mudas em toda cidade.

Na zona rural, já foram atendidos os distritos de Nova Califórnia, com cerca de 400 mudas, União Bandeirantes (duas mil mudas), Jacy-Paraná (800) e Vista Alegre do Abunã (300 mudas). A partir do próximo ano, o programa chegará aos distritos do baixo Madeira, com plantios em Calama, São Carlos e regiões adjacentes.

A arborização urbana é de vital importância, porque com uma maior área verde na cidade, a temperatura é mais baixa, evitando as ilhas de calor, que se formam principalmente em locais com urbanização intensa.

Geralmente, as ilhas de calor são formadas por grande concentração de concreto, pela escassez de áreas verdes e pelo elevado nível de poluição (ocasionado na maioria das vezes, pelos veículos que circulam na cidade).

“Por isso, a arborização tem uma grande importância para a população de uma cidade, e no nosso caso, de Porto Velho, pois melhora a qualidade do ar, reduz a propagação do som e diminui em cerca de 10%, o nível de material particulado. Sem falar que melhora o aspecto paisagístico da cidade”, afirmou o secretário municipal de Meio Ambiente, Agnaldo Ferreira.

Após o plantio, a Semas faz o monitoramento do desenvolvimento da muda com as equipes responsáveis pelo preparo e limpeza da área onde foi plantada e a substituição das que não vingaram. Por meio do Disk Plante uma Árvore, serviço colocado à disposição da população, através do telefone 0800-647-5445, qualquer pessoa, além de solicitar plantio, pode também informar à prefeitura os locais onde há necessidade de substituição de mudas.

Com o lançamento do programa Porto Velho Mais Verde, no final de 2009, quando foram plantadas mais de cinco mil mudas em cinco minutos, o prefeito Roberto Sobrinho iniciou uma ambiciosa campanha que visa o plantio de um milhão de mudas em toda Porto Velho (zonas Urbana e Rural) até o final de seu mandato, em dezembro de 2012. E a meta está sendo cumprida, de acordo com o que informou o secretário.

Fonte: Joel Elias
 

Mais Sobre Meio Ambiente

Sistema Fecomércio participa do Lançamento do Amazônia + 21

Sistema Fecomércio participa do Lançamento do Amazônia + 21

O Presidente do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac/IFPE e Vice-Presidente da CNC, Raniery Araujo Coelho esteve no Lançamento do Fórum Amazônia + 21, ocorri

Pesquisadores descobrem complexo arqueológico na Amazônia Central

Pesquisadores descobrem complexo arqueológico na Amazônia Central

As crônicas de Gaspar de Carvajal, padre espanhol que navegou pelo rio Amazonas no século 16, descrevem uma área repleta de aldeias indígenas. ”Enco

Não faz o dever de casa - Enquanto Macron luta pela Amazônia, políticas ambientais da França desapontam

Não faz o dever de casa - Enquanto Macron luta pela Amazônia, políticas ambientais da França desapontam

O presidente francês, Emmanuel Macron, recebeu elogios por colocar os incêndios florestais na Amazônia no topo da agenda global, mas em casa os defens

Mais de 50 técnicos do Estado participam de curso de Geotecnologias e Ferramentas de Gestão do Território do projeto Plantar

Mais de 50 técnicos do Estado participam de curso de Geotecnologias e Ferramentas de Gestão do Território do projeto Plantar

Foi concluído nesta sexta-feira, em Porto Velho, o curso de Geotecnologias e Ferramentas de Gestão do Território, voltado a técnicos da Empresa de Ass