Porto Velho (RO) segunda-feira, 24 de setembro de 2018
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Primeira friagem do ano atinge Rondônia



A queda de temperatura deverá ocorrer no sul do Estado, segundo o CPTEC/INPE. Pode ventar forte em alguns pontos.

Daniel Panobianco - Rondônia terá neste domingo, o primeiro evento de friagem do ano. A queda de temperatura, que normalmente ocorre em abril, demorou, mas a população do sul da Amazônia pode esperar por dias com temperaturas mais amenas. Segundo previsões do CPTEC/INPE, (Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos) do (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) este será o primeiro evento de friagem de 2009 em solo rondoniense, contrariando os boletins divulgados pelo SIPAM (Sistema de Proteção da Amazônia), que desde o dia 1° de maio vem divulgando em seus boletins através de e-mails enviados em massa para os sites de notícias de Rondônia, sobre a previsão de friagem. A temperatura mínima, em Vilhena, por exemplo, pode chegar a 15°C na terça e quarta-feira da próxima semana. Ji-Paraná, Ariquemes e Guajará-Mirim sentirão pouco o evento e Porto Velho, apenas receberá o vento do quadrante sul, mas sem expectativa de queda acentuada da temperatura.


Segue o aviso sobre o fenômeno realizado pelo CPTEC/INPE.
"Estado de Atenção

Entre este domingo (31/05) e quinta-feira (04/06), a incursão de uma intensa massa de ar frio, com características polares, provocará declínio acentuado de temperatura em grande parte da Região Sul, parte das Regiões Centro-Oeste e Sudeste e no sudoeste da Região Norte do Brasil. No decorrer do domingo (31/05), o ar frio avançará sobre o centro-oeste da Região Sul e no sul de MS onde provocará declínio acentuado nas temperaturas máximas. Estas não deverão ultrapassar os 14 C sobre grande parte desta ampla área. As temperaturas mínimas não deverão ser muito baixas devido ao predomínio de abundante nebulosidade.

Na segunda-feira (01/06), as temperatura mínimas diminuem drasticamente sobre grande parte da Região Sul e no sul de MS. Sobre grande parte desta ampla área as mínimas não deverão ultrapassar os 5C, sendo que em algumas localidades os valores serão inferiores aos 3C, principalmente sobre as áreas de serra e no interior do PR. Nesse dia, as mínimas começarão a declinar também sobre o centro-oeste, sul e sudoeste de SP, onde os valores oscilarão entre 5 e 8 C, aproximadamente.

Neste dia, também começará o episódio de friagem sobre o sudeste de MT, no extremo sul de RO e no extremo sudeste do AC. Nesta área, as máximas não deverão ultrapassar os 22 C. Na terça-feira (02/06), as mínimas continuarão baixas sobre grande parte da Região Sul, o centro-sul de MS, em grande parte de SP e no sul de MG. Ocorrerá geada sobre as áreas de Serra do RS e de SC em áreas da Serra da Mantiqueira (SP). Nas demais áreas, as mínimas oscilarão entre 4 e 8C. Neste dia as temperaturas continuarão diminuindo sobre o sudeste de MT e no sul de RO, onde as máximas estarão em torno dos 20C.

Na quarta-feira (03/06), as mínimas continuarão muito baixas sobre grande parte da Região Sul, SP, RJ, centro-sul de MG, Triângulo Mineiro, MS e no sul e sudeste de MT. Sobre a Região Sul, em SP, sul de MG e sul de MS, as mínimas ficarão abaixo dos 4C, com chance de ocorrência de geada ampla. Em áreas de serra (Gaúcha/Catarinense e da Mantiqueira) as mínimas serão negativas. Entre o centro-norte de MS e o sul de MT, os valores oscilarão entre 5 e 10C, aproximadamente.

Esta condição extrema de temperaturas baixas persistirá também durante a quinta-feira (04/06). Em situações de risco consulte a Defesa Civil. Defesa Civil"

Dados: CPTEC/INPE
(Fonte: De olho no tempo)

Mais Sobre Meio Ambiente

SP corre risco de enfrentar crise hídrica mais grave que a de 2014

SP corre risco de enfrentar crise hídrica mais grave que a de 2014

O Sistema Cantareira, que abastece parte da capital paulista e da Região Metropolitana, estava com quase 60% da capacidade um ano antes da crise de 20

Novo marco legal do saneamento gera polêmica no setor

Novo marco legal do saneamento gera polêmica no setor

Agentes reguladores estão avaliando a medida provisória

Parque Ecológico Municipal recebe plantio de Ipê e Flamboyant

Parque Ecológico Municipal recebe plantio de Ipê e Flamboyant

Um grupo de 30 crianças da Fundação JiCred plantou mudas de ipê e flamboyant no Parque Ecológico Municipal. A ação foi realizada pelo Sistema Cooperat